Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Tite convoca um velho conhecido


postado em 08/06/2019 04:12

Com 65 jogos pela Seleção, Willian será o substituo de Neymar(foto: Pierre-Philippe Marcous/AFP - 23/6/14)
Com 65 jogos pela Seleção, Willian será o substituo de Neymar (foto: Pierre-Philippe Marcous/AFP - 23/6/14)

Seguindo a tendência de manter um grupo mais experiente  para a disputa da Copa América, o técnico Tite convocou ontem o atacante Willian, do Chelsea, para o lugar de Neymar. O anúncio foi feito pela CBF pouco mais de um dia depois do corte do jogador do Paris Saint-Germain, que sofreu ruptura dos ligamentos do tornozelo direito durante amistoso da Seleção Brasileira contra o Catar, na última quarta-feira, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Como é determinado pelo regulamento da Copa América, a CBF enviou à Conmebol os laudos do exame médico que apontaram a lesão de Neymar. Após receber o aval da confederação sul-americana, a entidade que comanda o futebol brasileiro prosseguiu com a convocação de Willian.

Para o lugar de Neymar, Tite escolheu um jogador que atuou pela última vez há pouco tempo. A última partida de Willian foi a final da Liga Europa entre Chelsea e Arsenal, no último dia 29, em Baku, no Azerbaidjão. O atacante comemorou o título da competição continental com uma goleada por 4 a 1 sobre o rival de Londres.

Willian tem 70 convocações pela Seleção Brasileira, participou de 65 jogos e marcou oito gols. O jogador estava de férias em Israel e já está a caminho do Brasil – se junta ao grupo na manhã de hoje, em Porto Alegre, onde a equipe enfrenta Honduras. O último amistoso antes da Copa América será amanhã, às 16h, no Estádio Beira-Rio.

Cabeça de chave do Grupo A da Copa América, a Seleção Brasileira enfrentará a Bolívia na próxima sexta-feira, no Estádio do Morumbi, em São Paulo; a Venezuela, quatro dias depois, na Arena Fonte Nova, em Salvador; e o Peru, no dia 22, na Arena Corinthians, também na capital paulista.



Publicidade