Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Raposa absoluta

Cruzeiro vence mais uma e segue firme na luta pela liderança geral da competição com 100% de aproveitamento e sem ser vazado. Fred fez seu 18º gol e passou Pelé e Robinho


postado em 24/04/2019 05:06

"Fico feliz pelo gol e mais ainda pela vitória, sobretudo porque mais uma vez não sofremos gols(...) Em jogos de Libertadores, sempre difíceis, você tem de estar preparado para quando a oportunidade surgir" Fred, atacante celeste (foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)


Sem fazer muita força, mas com muita seriedade, o Cruzeiro se manteve como um dos melhores times da Copa Libertadores de 2019 ao fazer 2 a 0 no Deportivo Lara-VEN ontem, em Cabudare. Assim, é o único que ainda não sofreu gols e segue com  100% de aproveitamento – apenas o Cerro Porteño-PAR, que joga amanhã, também venceu todas. Os cinco jogos sem ser vazado nesta edição é recorde da Raposa na competição.

“Fico feliz pelo gol e mais ainda pela vitória, sobretudo porque mais uma vez não sofremos gols”, afirmou o atacante Fred, que abriu o caminho para a vitória aos 30min do primeiro tempo, em belo chute da entrada da área depois de enganar o marcador duas vezes. Foi o 16º gol do camisa 9 em 17 jogos este ano, tendo contribuído também com três assistências.

Ele soma 18 gols na Libertadores e deixa para trás ninguém menos que Pelé, além de Robinho, e se igualou a Marcelinho Carioca e Tita. “Em jogos de Libertadores, sempre difíceis, você tem de estar preparado para quando a oportunidade surgir”, declarou ele.

Com a vantagem, o time celeste diminuiu o ritmo no segundo tempo. Mesmo assim só não ampliou aos 21min porque Salazar fez grande defesa em chute de Marquinhos Gabriel de dentro da área. Dez minutos mais tarde, Jádson foi derrubado na área por Miers e Sassá, com paradinha, ampliou, garantindo a festa celeste em um Estádio Metropolitano vazio – o Lara cumpriu o terceiro jogo com portões fechados em razão de objetos atirados no gramado por sua torcida no ano passado.

Agora, o Cruzeiro segue em busca da melhor campanha na fase de grupos, que dá a vantagem de jogar os jogos de volta dos mata-matas em casa até a semifinal – a final será em jogo único, em Santiago do Chile. “Sempre jogamos com seriedade, estando classificados ou não. Foi um jogo difícil, mas conseguimos o objetivo e agora vamos atrás de sermos o melhor geral”, afirmou o armador Thiago Neves, que voltou a ser titular depois de 42 dias e esteve em campo por 61 minutos, mostrando estar recuperado dos problemas na panturrilha direita que o têm incomodado desde o começo do ano.

A chance de assegurar a melhor campanha da fase de grupos será em 8 de maio, quando recebe o Emelec-EQU no Mineirão, às 19h15. Para essa partida, o técnico Mano Menezes terá a volta do volante Lucas Romero, que cumpriu suspensão ontem por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

Além disso, o treinador deixou de fora do jogo na Venezuela alguns jogadores mais desgastados. Entre eles está o lateral-direito Edílson e os armadores Robinho e Rodriguinho. Já na lateral-esquerda, Dodô deu lugar a Egídio ontem, mas parece ter se tornado titular.

O importante, na opinião dos atletas, é que o time tem mantido o bom nível, independentemente da formação. “A gente sempre comenta no vestiário, depois dos jogos, como nosso time é bom. Quem entra já sabe como o time joga, isso facilita”, disse o volante Lucas Silva.

No outro jogo do grupo, o Emelec-EQU venceu o Huracán na Argentina por 2 a 1 e assumiu a segunda colocação.

ESTREIA Antes de voltar a pensar na Libertadores, o Cruzeiro voltará as atenções para o Campeonato Brasileiro, no qual estreia sábado, às 21h, visitando o Flamengo, no Rio. Depois, terá dois compromissos seguidos em casa, recebendo Ceará e Goiás, adversários ideais para Mano preparar o time para tentar manter os 100% na fase de grupos, o que não conseguiu nas 16 vezes anteriores em que disputou a competição.


FICHA TÉCNICA
Deportivo Lara 0 x 2 Cruzeiro

deportivo lara: Salazar; Jefre Vargas, Di Giorgi, Miers e Aponte; Yriarte (Otero 24 do 2º), Manzano, Centeno e Di Renzo (Figueroa 36 do 2º); Frutos (Freddy Vargas 9 do 2º) e Moreno
Técnico: Leonardo González
cruzeiro: Fábio; Orejuela, Dedé, Leo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Rafinha (David 35 do 2º), Thiago Neves (Jádson 17 do 2º) e Marquinhos Gabriel; Fred (Sassá 23 do 2º)
Técnico: Mano Menezes
5ª rodada da fase de grupos da Libertadores
Estádio: Metropolitano
GOLS: Fred 30 do 1º; Sassá 32 do 2º
Árbitro: Gery Vargas (BOL)
Assistentes: Jose Antelo e Edwar Saavedra (BOL)
Público: Partida realizada com portões fechados

MATADOR EM NÚMEROS
Em 2019
16 gols em 17 jogos
(0,94 de média por partida)

Na Libertadores
18 gols em 32 jogos
(0,56 de média por partida)

Na Libertadores 2019
4 gols em 5 jogos
(0,8 de média por partida)


Publicidade