Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Prata da casa do Atlético brilha em vitória sobre o Villa

Jogadores revelados na base do alvinegro têm atuação de destaque no triunfo sobre o Leão do Bonfim, que manteve o Galo na ponta do Mineiro


postado em 25/02/2019 05:03

Alerrandro, de 19 anos, balançou a rede duas vezes ontem e já é o vice-artilheiro da equipe alvinegra na temporada(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Alerrandro, de 19 anos, balançou a rede duas vezes ontem e já é o vice-artilheiro da equipe alvinegra na temporada (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)

Em vez dos mais experientes, o caldeirão do Independência testemunhou o brilho dos jogadores revelados na base do Atlético. Graças ao talento de jovens como o lateral-esquerdo Hulk e os atacantes Alessandro Vinícius e Alerrandro, o Galo não teve dificuldade para superar o Villa Nova por 3 a 1, em sua quinta vitória no Campeonato Mineiro. Mesmo preservando os principais atletas, o alvinegro mantém a liderança da competição sem muito esforço.

O resultado positivo incendeia a torcida para a partida de quarta-feira contra o Defensor, também no Horto, pela Copa Libertadores. Como venceu por 2 a 0 no Uruguai, o Galo pode até perder por um gol de diferença que confirma a vaga na fase de grupos – quem passar, entra na Chave 5, que tem Nacional (URU), Cerro Porteño (PAR) e Zamora (VEN).

O sucesso do Atlético nas competições de 2019 passa por dar o mesmo ritmo de jogo a titulares e reservas. E a estratégia ajuda a recuperar a confiança de vários deles. O duelo de ontem teve Alerrandro como destaque. Natural de Lavras, o jogador de 19 anos pela primeira vez marcou duas vezes num mesmo confronto e já aparece como vice-artilheiro do Galo neste ano, com quatro gols. Criticado pela torcida no ano passado por finalizar mal, ele vem demonstrando oportunismo e capricho nos lances.

O jovem já havia balançado as redes nas vitórias sobre Guarani e Tupi (ambas por 2 a 0). Ele comemora a fase positiva: “Foi uma jogada ensaiada do Levir. Hoje (ontem), a bola sobrou para que eu colocasse para o gol. No ano passado, a bola não estava entrando, mas continuei trabalhando e agora tudo está dando certo. Espero poder contribuir mais”.

Outro destaque foi Alessandro Vinícius. O também atacante deu boa dinâmica à equipe após a saída de Maicon Bolt, por causa de incômodo na coxa direita – será reavaliado hoje pelos médicos. O jovem da base alvinegra, que subiu para o profissional no mês passado, foi aplaudido pela torcida em várias jogadas de linha de fundo, quando levou vantagem sobre os adversários. No fim da partida, cometeu pênalti, e o Villa fez o gol de honra, com Elias.

O lateral-esquerdo Hulk também ganhou crédito com Levir. Preterido pelo treinador em 2018, que o considerava imaturo para a função, foi útil diante do Villa Nova ao dar o passe para Terans marcar o terceiro gol. A tendência é que a partir de agora ele tenha mais chances, revezando com Carlos César, que vem atuando improvisado.

IMPECÁVEL O desempenho dos reservas tem sido impecável. Com eles, o Atlético conquistou sua quarta vitória no Mineiro e perdeu apenas para o Tombense (1 a 0), quando usou formação C – foram oito gols marcados e apenas dois sofridos. Levir deve mandar novamente os reservas a campo diante do Patrocinense, dia 10, em Patrocínio.


Enquanto isso...
Galo vestirá Le Coq Sportif

O Atlético anunciou ontem o acerto com a Le Coq Sportif, empresa francesa que fornecerá o material esportivo alvinegro a partir do início do Campeonato Brasileiro. O clube tinha contrato com a Topper até o fim de 2020, mas encerrará o compromisso em virtude de problemas na confecção dos uniformes nesta temporada e também no ano passado. A diretoria não explicou como será a rescisão do vínculo. Fundada em 1882, a Le Coq Sportif patrocinou a Seleção Argentina campeã mundial em 1986. A italiana Fiorentina e o francês Saint-Étienne são alguns dos clubes que vestem a marca.


Atlético
Cleiton; Guga, Leonardo Silva, Maidana e Carlos César (Hulk, intervalo); Zé Welison (Nathan 23 do 2º), Jair, David Terans, Vinícius e Maicon Bolt (Alessandro Vinícius 18 do 1º); Alerrandro
Técnico: Levir Culpi

Villa Nova
Georgemy; Alan Silva, Diego, Marquinhos e Eron (Jean Carlos, intervalo); Denílson, Ramires, Eurico, Zotti (Renato Bruno 28 do 2º); Elias e Luiz Fernando (Eurico 32 do 2º)
Técnico: Eugênio Souza

Oitava rodada do Campeonato Mineiro

Estádio: Independência
Gols: Alerrandro 2 do 1º; Alerrandro 12, Terans 15 e Elias 42 do 2º
Árbitro: Marco Aurélio Fazekas Ferreira
Assistentes: Felipe Alan Costa e Oliveira e Pedro Araújo Dias Cotta
Cartão amarelo: Leonardo Silva *
Pagantes: 13.473
Renda:
R$ 84.086
Próximos jogos: Patrocinense (f), América (c) e Tupynambás (f)
*Suspenso


Publicidade