Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Teste para a Libertadores

Na contagem regressiva para a estreia na Libertadores, Atlético usará os duelos de hoje, contra a URT, e diante do Guarani para %u2018arredondar%u2019 a equipe e estudar opções do banco


postado em 30/01/2019 05:02

O volante Zé Welison disputa posição com Jair, que será escalado hoje por Levir: time pode apresentar novidades também na lateral direita(foto: EDÉSIO FERREIRA/EM/D.A PRESS)
O volante Zé Welison disputa posição com Jair, que será escalado hoje por Levir: time pode apresentar novidades também na lateral direita (foto: EDÉSIO FERREIRA/EM/D.A PRESS)



A ansiedade pela estreia na fase preliminar da Copa Libertadores na próxima semana, diante do Danubio, se torna cada vez mais evidente entre os jogadores do Atlético. Mas antes do jogo vital pela competição internacional, a missão será somar pontos no Campeonato Mineiro. Por mais que as duas próximas rodadas sirvam de preparação para o duelo no Uruguai, o time alvinegro não pode perder pontos contra a URT hoje, às 21h30, e Guarani, sábado, às 19h, ambos no Independência. Tropeçar em casa significa uma chance a menos de terminar a etapa de classificação em primeiro lugar e de ter vantagem nos mata-matas.


O técnico Levir Culpi aproveitará os jogos contra o Trovão e o Bugre para fazer testes pontuais. Nesta noite, a novidade pode ser a estreia como titular do volante Jair, de 21 anos, que só teve chance de atuar poucos minutos no segundo tempo contra Boa e Cruzeiro. Com Adílson suspenso (expulso no clássico), o jogador disputa vaga com Zé Welison, que voltou aos treinos ontem depois de incômodo no joelho direito.


Um dos poucos destaques do Sport na última temporada, Jair afirma que quer disputar a titularidade a curto prazo. Para isso, ele avalia que ter minutos em campo será essencial para se adaptar ao esquema tático e se entrosar com os colegas. “Quero ser titular. Um jogador que está aqui tem de pensar nisso. Ritmo de jogo pode me ajudar bastante. Faz dois meses que não começo uma partida. Acredito que conhecendo mais os companheiros e mais ritmo de jogo podem me ajudar muito. Com a sequência, isso será mais fácil”.


Jair teve rápida ascensão que todo atleta de clube de médio porte gostaria. No ano passado, ele estava atuando pelo Juventude – que disputa a Série D do Brasileiro – até chamar a atenção dos dirigentes do Sport. Pelo rubro-negro pernambucano foram dois gols em 13 jogos, o que também despertou a atenção do Atlético. A vinda para Minas foi facilitada depois que o jogador acionou o Leão na Justiça, alegando falta de pagamento.


Além da chance de mostrar suas qualidades a Levir Culpi, Jair entende que o Galo precisa mostrar sua força nos próximos compromissos pelo Estadual – até agora, a equipe conseguiu apenas uma vitória em três partidas na competição. “Claro que estamos cientes de que é preciso ganhar todas as partidas, embora seja difícil. Mas a partir de agora não podemos perder pontos. O Mineiro é difícil, pois as equipes menores jogam a vida contra o Galo. Vamos entrar concentrados e somar o máximo de pontos para chegar em primeiro lá na frente”, afirma o volante.

MAIS MUDANÇAS Levir Culpi estuda poupar outros titulares e fazer novas experiências no time alvinegro contra a URT. O lateral-direito Guga, de 20 anos, finalmente pode estrear com a camisa alvinegra. Ele ficou no banco contra Boa e Cruzeiro, sem entrar no decorrer dos jogos. A possibilidade de ele jogar aumentou depois do treino de ontem à tarde, que não teve o titular Patric em campo – fez trabalho à parte na academia.


Quem provavelmente ficará de fora é o capitão Réver, que desfalcou o Galo no clássico em virtude de incômodo na coxa direita. Nesse caso, Maidana continuaria formando dupla com Igor Rabello.

 

 

o adversário

 

URT ainda busca primeira vitória

 

Com boas campanhas nas três últimas edições do Campeonato Mineiro – terminou em terceiro lugar em 2016 e em 2017 e em sexto no ano passado –, a URT ainda não venceu na atual edição, o que deixa a comissão técnica apreensiva. O time de Patos de Minas passou por reformulação desde a participação na última Série D do Brasileiro e vive fase de adaptação ao trabalho do técnico Sidney Moraes, que assumiu a equipe neste mês. O treinador já viu evolução no empate com o Tombense por 1 a 1, em casa, mas espera algo mais de seus comandados: “É preciso equilíbrio e consciência de saber o que podemos, o que queremos e a situação em que a gente se encontra. Alguns jogadores sentem a cobrança, outros sentem a dificuldade que é ao serem cobrados, mas o empenho e a luta deles no jogo fazem com que a gente fique esperançoso”. Ele não tem desfalques por lesão ou suspensão e pode repetir os titulares da última partida, com destaque para o atacante Reis, autor do gol do Trovão.

 

 

Atlético
x
URT

Atlético
Victor; Patric, Réver (Maidana), Igor Rabello e Fábio Santos; Jair, Elias, Cazares, Luan e Chará; Ricardo Oliveira
Técnico: Levir Culpi

URT
Marcão; Douglas Maia, Gladstone, Marcus Vinícius e Djalma; Ewerton, Diogo, Kaio, Rodney e Cascata; Reis
Técnico: Sidney Moraes

Estádio: Independência
Horário: 21h30
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto
Assistente: Sidiney dos Santos Meurer e Magno Arantes Lira
TV: Globo e Pay-per-view


Atleticanas

 

proposta milionária

 

R$ 64

 

milhões  é o que pede o Atlético para liberar o zagueiro Igor Rabello para o futebol russo. O empresário do jogador, Anselmo Paiva, apresentou proposta de R$ 42 milhões de um clube do país ao alvinegro, que recusou. Em dezembro, o Galo pagou R$ 13 milhões ao Botafogo na contratação do defensor de 23 anos.

 

diretor financeiro

 

Com a saída do diretor financeiro Carlos Fabel, que pediu demissão na segunda-feira, o diretor de administração e controle, Plínio Signorini, assumirá momentaneamente as funções. O profissional já teve experiência em instituições financeiras e será o responsável por toda a contabilidade do clube. O presidente Sérgio Sette Câmara não definiu se contratará alguém para o lugar de Fabel, que trabalhou no clube por uma década.

 

 

treino no uruguai

 

O Atlético fará apenas um treino em solo uruguaio antes da estreia na Libertadores, diante do Danubio. A delegação embarca em voo fretado no domingo à noite para Montevidéu e fechará a preparação na segunda-feira à tarde, no Estádio Campeón del Siglo, do Peñarol. O clube ainda não sabe se poderá treinar no
Estádio Luís Franzini, palco da partida.

 

 

 

 


Publicidade