Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Rodada dupla hoje no Minas


postado em 11/01/2019 05:06

Nunca em competições nacionais de vôlei, seja no feminino ou no masculino, aconteceu uma decisão entre duas equipes mineiras. Só que a esperança de que esse sonho se torne realidade está mais viva que nunca, já que o Praia é líder e o Minas vice da Superliga feminina. O time do Triângulo tem 27 pontos, dois a mais que o Minas, que tem uma partida a menos. Ambas estarão em quadra hoje: o MTC pega o Curitiba, às 21h, na Arena JK – mais cedo, às 18h, a equipe masculina enfrentará o Corinthians –, enquanto o Praia vai ao Rio de Janeiro jogar contra o Sesc-RJ, às 21h30, na Arena Jeunesse.

As jogadoras das duas equipes mineiras, no entanto, não falam sobre a possibilidade de uma decisão. “Temos de pensar na nossa campanha e de conseguir, primeiro, estar nos playoffs e com a melhor colocação possível para decidir em casa”, diz a central e capitã Carol Gattaz. No Praia, Fernanda Garay diz que a preocupação, primeiro, é em acertar a equipe e melhorar o entrosamento. “Temos muito a melhorar e precisamos manter a primeira colocação.”

Masculino Começando a rodada dupla na Arena Minas, às 18h o time masculino do MTC pega o Corinthians. O time da capital terminou o primeiro turno na oitava colocação, com apenas 14 pontos, 13 a menos que o Sesc-RJ, líder da competição. Entrosamento é a palavra-chave utilizada pelo técnico Neri Tambeiro, que diz que o time precisa evoluir para ficar entre os quatro primeiros colocados. “É fundamental. Precisamos melhorar em vários aspectos. O saque e a recepção são a maior preocupação.”

Também hoje, o Cruzeiro volta a jogar pela Superliga, enfrentando o Itapetininga, às 20h30, no Ginásio Riachão, em Contagem. O time mineiro vem de duas derrotas na Copa Brasil-Argentina, mas ainda tem chances de classificação.  Na Superliga, a Raposa é vice-líder, com 26 pontos, um a menos que o Sesc-RJ.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade