UAI
Publicidade

Estado de Minas 'RECOMEÇAR A HISTÓRIA'

Bolsonaro relembra ditadura e diz que, se pudesse, interferiria no Enem

Presidente afirmou que gostaria de questões objetivas no exame, mas que não quer discutir o regime militar


24/11/2021 19:27 - atualizado 24/11/2021 19:50

O presidente Jair Bolsonaro
Bolsonaro voltou a criticar a imprensa e a citar a ditadura militar (foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)
O presidente Jair Bolsonaro afirmou que quer “começar a história do zero” nas escolas ao relembrar a ditadura militar. As declarações foram concedidas no Palácio do Planalto, durante a solenidade do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, nesta quarta-feira (24/11).

”Acusaram a mim e ao ministro (da Educação, Milton Ribeiro) de interferir no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Se eu pudesse interferir, pode ter certeza que a prova estaria marcada para sempre. Teriam questões objetivas de fato. Saiu na imprensa que eu queria questão de ditadura militar. Não vou discutir sobre ditadura militar, mas colocaria, sim, uma questão se pudesse: 'Quem foi o primeiro general a assumir em 1964?' Foi Castelo Branco. 'Em que data?' Eu duvido que a impressa ia acertar. Eu acho que o pessoal da imprensa ia errar, acho não, tenho certeza. O que eu quero com isso não é discutir o período militar, é começar a história do zero”, afirmou.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade