UAI
Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Bolsonaro condecora líderes do Oriente Médio com honraria dada à Rainha Elizabeth


12/11/2021 11:28

No dia em que parte do Brasil rumo ao Oriente Médio, o presidente Jair Bolsonaro condecorou com o Grande Colar da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul alguns líderes do território. Os decretos estão publicados na edição do Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 12.

Os escolhidos são: o rei de Bahrein, Hamad Bin Isa Alkhalifa; o Emir de Dubai, Mohammed bin Rashid Al Maktoum; o príncipe herdeiro de Abu Dhabi, Mohammed bin Zayed Al Nahyan; e o presidente dos Emirados Árabes Unidos, Khalifa bin Zayed al Nahyan.

Conforme definição do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, a honraria é uma comenda que o presidente do Brasil atribui a estrangeiros "que se tenham tornado dignas do reconhecimento da nação brasileira". Personalidades como Che Guevara, o político peruano Alberto Fujimori, o cosmonauta Yuri Gagarin, a Rainha Elizabeth e o ex-piloto de Fórmula 1 Alain Prost receberam a homenagem em outros momentos.

Os atos do presidente dão o pontapé à viagem de cinco dias que Bolsonaro fará na a região, em que passará justamente por Dubai, no Emirados Árabes Unidos; Manama, em Bahrein; e Doha, no Catar. O objetivo da viagem é a busca de investimentos, além da discussão de ações para a retomada da economia. Inclusive, há previsão de encontro com algumas dos líderes condecorados.

Esta é a segunda viagem de Bolsonaro para o Oriente Médio. Em 2019, ele seguiu para a região após uma semana na Ásia. Na época, o foco era divulgar a carteira do Programa de Parceria de Investimentos (PPI) para também atrair fundos dos soberanos árabes. O brasileiro inclusive foi recebido pelo príncipe Mohamed bin Zayed Al Nahyan.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade