Publicidade

Estado de Minas GOVERNO KALIL

Secretário-adjunto de Governo da Prefeitura de BH pede demissão

Alberto Lage, do círculo de assessores muito próximos a Kalil, trabalhava com o prefeito desde 2016


26/06/2021 17:03 - atualizado 26/06/2021 17:36

Prefeito Alexandre Kalil (PSD) exonerou, a pedido, um de seus mais próximos assessores(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Prefeito Alexandre Kalil (PSD) exonerou, a pedido, um de seus mais próximos assessores (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
O secretário-adjunto de Governo da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), Alberto Lage, pediu para deixar o posto. A oficialização da saída dele do poder Executivo da cidade consta na edição deste sábado (26/6) do Diário Oficial do Município (DOM).

Lage compunha a equipe do prefeito Alexandre Kalil (PSD) desde a eleição de 2016, quando o ex-presidente do Atlético, então filiado ao PHS, venceu o pleito. Ele estava no quadro de assessores da gestão desde o primeiro ano de mandato.

Para este segundo ciclo, Lage passou a auxiliar a secretaria de Governo, chefiada pelo ex-deputado estadual Adalclever Lopes (MDB).

A edição de junho da revista “piauí” traz longo texto sobre Kalil. Lage é citado no conteúdo, visto que é figura de confiança do prefeito.

Entrevista


Nesta semana, Kalil foi sabatinado por jornalistas do Estado de Minas. Durante a conversa, ele falou sobre temas como a “guerra” por vacinas antiCOVID-19, a possível participação na disputa pelo governo do estado em 2022 e a relação com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Assista à entrevista na íntegra:


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade