Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2022

Recuo de Amoêdo deixa Novo com opções mineiras à presidência

Tiago Mitraud, deputado federal por Minas, que já tinha se colocado como pré-candidato do partido ao Planalto, pode ter concorrência do governador Romeu Zema


11/06/2021 11:30 - atualizado 11/06/2021 12:31

Mitraud e Zema têm boa relação, mas podem disputar o posto de 'presidenciável' do Novo(foto: Reprodução/Instagram Tiago Mitraud)
Mitraud e Zema têm boa relação, mas podem disputar o posto de 'presidenciável' do Novo (foto: Reprodução/Instagram Tiago Mitraud)
O anúncio do Novo na noite dessa quinta-feira (10) de que João Amoêdo recuou e não aceitará mais o convite para ser pré-candidato do partido à Presidência da República nas eleições gerais de 2022 mexe com o cenário da legenda. Até então, além de Amoêdo, o deputado federal Tiago Mitraud (Novo-MG) é o outro nome da sigla a ser publicizado para a disputa no ano que vem.

A saída de Amoêdo, fundador do partido e candidato à presidência nas eleições de 2018, pode recolocar um nome que era praticamente certo como fora da jogada no âmbito da presidência: Romeu Zema (Novo), governador de Minas Gerais. O chefe do Executivo mineiro já afirmou que tem preferência em tentar a reeleição nas eleições de 2022, mas que estaria à disposição da decisão do partido.

“Meu relacionamento com o Amoêdo é muito bom. Respeito-o, estivemos juntos na campanha dele para presidente, minha para governador, e vai caber ao partido decidir o nome. Boa relação, o que já saiu de alguma coisa é mais intriga do que propriamente verdade”, afirmou Zema, na terça-feira da semana passada, ao Programa Pânico, da Rádio Jovem Pan, após questionamento sobre uma possível escolha do Novo entre ele e Amoêdo para a presidência e a relação com o correligionário.

O nome de Zema é bem visto por correligionários. Alguns, inclusive, lamentaram o fato de o partido ter inicialmente lançado Amoêdo na disputa presidencial, praticamente colocando o governador na sua zona de conforto: a disputa estadual.

“Eu pretendo ser candidato ao governo de Minas (..) Quero deixar meu trabalho completo em Minas Gerais, eu quero deixar o estado bem estruturado, um estado muito melhor do que aquele que eu peguei. Já avançamos muito, mas temos muito o que avançar”, também afirmou, durante a mesma entrevista em 1º de junho deste ano.

Fato é que, até então, o único nome oficial como pré-candidato é o de Mitraud. Além de Zema, outros nomes aparecem como possibilidades. É o caso do deputado federal Marcel van Hattem (Novo-RS), que é próximo a Mitraud mas também é simpático aos correligionários. O gaúcho tentou a presidência da Câmara dos Deputados este ano, mas foi derrotado.

As indicações podem ser enviadas até 1º de outubro de 2021, a pouco mais de um ano para o pleito de 2022. Nesta data, os nomes devem ser conhecidos para que, posteriormente, haja uma definição.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade