Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Orlando Silva: 'se Bolsonaro pede para CPI acabar, é porque está chegando perto'

Bolsonaro chegou a pedir para o senador Omar Aziz, presidente da CPI, para encerrar 'pelo amor de Deus' os trabalhos do colegiado


28/05/2021 12:12 - atualizado 28/05/2021 15:35

Orlando Silva criticou Bolsonaro e chamou presidente de 'genocida'(foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
Orlando Silva criticou Bolsonaro e chamou presidente de 'genocida' (foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
O vice-líder do PCdoB, o deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP), comentou nesta sexta-feira, 28, em publicação no Twitter, sobre pedido feito pelo presidente Jair Bolsonaro ao presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID-19 no Senado, Omar Aziz (PSD-AM) na quinta-feira (27). Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, Bolsonaro voltou a criticar Aziz e pediu "pelo amor de Deus" para que o senador encerre logo os trabalhos do colegiado.



"Alô, @OmarAzizSenador, parece que tem alguém com medinho da CPI. Se Bolsonaro está pedindo pelo amor de Deus para acabar, é porque a CPI está chegando perto. Precisa continuar e desmascarar o genocida", escreveu Silva.

Bolsonaro fez, na "live" desta quinta-feira, diversas crítica a Aziz, que também foi governador do Amazonas. "Como era a saúde do teu Estado quando você era governador?", questionou o presidente. "Pelo amor de Deus, encerra logo essa CPI e vem aqui fazer outra coisa. Ficar no Senado? Pelo amor de Deus."


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade