Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Bolsonaro: foi clara decisão de mandar abrir CPI contra presidente

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), avalia a possibilidade de ampliar o escopo das investigações da CPI da Covid para incluir Estados e municípios


12/04/2021 22:15 - atualizado 12/04/2021 23:24

(foto: YouTube/Reprodução)
(foto: YouTube/Reprodução)
O presidente Jair Bolsonaro disse na noite desta segunda-feira, 12 que foi clara a decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), de mandar abrir uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para apurar denúncia contra ele, "não contra quem possivelmente desviou recursos" na pandemia.

"Eu não interfiro em lugar nenhum", afirmou. "Olha, nós estamos ligados à pandemia desde fevereiro do ano passado, quando gente liberou carnaval, mas tudo bem", disse, sem, no entanto, citar os nomes de Barroso nem de governadores.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), avalia a possibilidade de ampliar o escopo das investigações da CPI da Covid para incluir Estados e municípios.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade