Publicidade

Estado de Minas BOLSOSARAH

Túlio Gadêlha compara eliminação no BBB a Bolsonaro: 'Recado tá dado'

Deputado federal disse que negacionistas como ela e o presidente 'não passarão'


31/03/2021 12:00 - atualizado 31/03/2021 13:03

Deputado federal, Túlio Gadêlha (PDT-PE)(foto: Reprodução)
Deputado federal, Túlio Gadêlha (PDT-PE) (foto: Reprodução)
O deputado federal Túlio Gadêlha (PDT-PE) comparou a eliminação da participante do Big Brother Brasil (BBB 21), Sarah Andrade, com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A sister fez algumas declarações polêmicas dentro do programa sobre a pandemia e o presidente, como desrespeitar as regras de isolamento social.

Sarah estava na disputa contra o cantor sertanejo Rodolffo e a advogada Juliette e saiu com 76,76% de rejeição. O parlamentar comparou o resultado com as próximas eleições presidenciais. “O recado tá dado, Bolsonaro”, escreveu.

Ele criticou as atitudes de Sarah e antecipou a saída de Rodolffo no próximo paredão do reality. “Negacionistas não passarão. Nem homofóbicos. Por isso, Rodolfo deve ser o próximo. 2022 vem aí”, complementou.



A opinião do deputado reflete com a dos telespectadores, que acompanharam algumas declarações polêmicas de Sarah. Ela, que era apontada como favorita no programa, perdeu a posição ao desdenhar da pandemia.

Em conversa com outros participantes, ela afirmou que estava em uma balada quando recebeu a ligação para participar do BBB. “Quando eu fiz a entrevista, eles falaram pra mim: 'a pandemia não existe para você? Ninguém está morrendo para você?'. Eu disse: 'uai, eu não tô sentindo é nada'", declarou. "Só não peguei COVID porque Deus me ama", acrescentou Sarah.

Ela também chegou a declarar que a pandemia 'não está tão ruim assim' e em seguida chamou de 'frescura' os protocolos adotados para conter o vírus. Os números mostram o contrário. Nesta terça-feira (30/03), o número de mortes por COVID-19 bateu novo recorde, com 3.780 mortes em um período de 24 horas Seria como se quase três pessoas perdessem a vida a cada minuto.

Além disso, durante uma conversa com os outros participantes no quarto, ela afirmou gostar do presidente Jair Bolsonaro. “Impeachment de algum presidente, de algum país?", sugeriu Sarah. "Não do nosso, eu gosto dele!".

Depois da declaração, a brasiliense chegou a perder mais de 1 milhão de seguidores.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade