Publicidade

Estado de Minas OPINIÃO PÚBLICA

Pesquisa: quase 70% consideram que a Lava-Jato fez bem para o Brasil

Instituto Paraná Pesquisas ouviu 2.264 pessoas em 200 municípios brasileiros; um terço considerou que operação foi ruim para o país


27/02/2021 10:57 - atualizado 27/02/2021 13:35

(foto: Agência Brasil)
(foto: Agência Brasil)
Pesquisa realizada em 26 estados e no Distrito Federal pelo Instituto Paraná Pesquisas, apontou que 69,2% dos entrevistados consideraram que a Operação Lava-Jato, inciada pela Polícia Federal e o Ministério Público do Paraná em 2014, "fez mais bem para o Brasil."

Outros 24,6% disseram que "fez mais mal" e 6,2% não souberam ou não quiseram opinar. Foram ouvidas 2.264 pessoas entre os dias  16 a 19 de fevereiro de 2021, em 200 municípios. A pesquisa foi dividida por sexo, faixa etária, escolaridade, nível econômico e posição geográfica, e ouviu maiores de 16 anos. 

A pergunta básica, feita presencialmente ou por telefone foi "De uma maneira geral, pelo que o(a) Sr(a) sabe ou ouviu falar, a Operação Lava-Jato fez mais bem ou mal para o Brasil?". O maior índice de rejeição à operação foi na faixa etária dentre 16 e 24 anos (28,3%), no mesmo universo, 64,1% consideraram que "fez mais bem".
 
A maior aprovação ficou na faixa etária entre 35 a 44 anos 72,2%  responderam positivamente a ação da Operação contra 22,4% que opinaram negativamente. As pessoas de maior escolaridade foram as que apresentaram maior índice de aprovação, 76,1% dos que disseram possuir curso superior aprovaram a Lava Jato, contra 21,2%. Entre entrevistados com estudos do ensino fundamental, 64,2% consideraram que a força tarefa fez mais bem, contra 28,7% que respodeu que "fez mais mal. No ensino médio os índices foram de 69,4% favoráveis e 23,2% viram de forma negativa. Divididos por gênero, os homens apontaram maior aprovação com 74,0%. 

A Paraná Pesquisas entrevistou 986 pessoas na região Sudeste, 609, na Nordeste, 340 nas regiões Norte e Centro-Oeste e 329 na região Sul e encontra-se registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Região sob o nº 3122/20.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade