Publicidade

Estado de Minas Votação

Mariana elege nesta sexta presidente da Câmara, que será prefeito interino

Prefeito eleito de Mariana não vai assumir o mandato enquanto o Tribunal Regional Eleitoral não decidir o caso; quem assume é o presidente da Câmara.


01/01/2021 07:00 - atualizado 01/01/2021 01:16

Vereadores vão escolher o prefeito interino da cidade, na posse marcada para hoje às 16h(foto: Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Mariana)
Vereadores vão escolher o prefeito interino da cidade, na posse marcada para hoje às 16h (foto: Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Mariana)
A disputa para a presidência da Câmara Municipal de Mariana, Região Central de Minas Gerais, ganhou mais um cargo: o de prefeito interino da cidade. Após a posse dos vereadores, marcada para esta sexta-feira (01/01),às 16h, os representantes do Legislativo vão votar para a escolha da mesa diretora, o presidente da chapa vencedora leva a cadeira do Executivo.
 
Isso porque o prefeito eleito de Mariana, Celso Cota, está com a candidatura impugnada e aguardando a decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG). A audiência está marcada para 22 de janeiro.
 
Cota já foi prefeito por dois mandatos (2001 a 2008) e trazia daquele período uma condenação por improbidade administrativa e teve os direitos políticos suspensos por sete anos. Mas ele conseguiu uma liminar na justiça e conseguiu concorrer nas eleições de 2012.
 
Eleito, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) julgou o caso novamente e manteve a condenação anterior.  Mesmo com candidatura indefinida, tentou novamente, em 2020, as eleições para prefeito. Venceu nos votos, mas não pode assumir.
 
Com isso, a disputa para a cadeira suprema da Câmara Municipal está acirrada. Foram registradas duas chapas. De um lado Marcelo Macedo e, do outro, Juliano Duarte. 
 
Se o vereador Marcelo Macedo for eleito Presidente da Câmara, a suplente dele, Beth Cota assumirá a vaga como vereadora e presidente da Câmara. Caso o vereador Juliano Duarte for eleito pelos vereadores, o suplente Tikin Mateus é que assumirá a vaga. 

Entre família

 
 
Caso a chapa do vereador Marcelo Macedo ganhe, quem vai assumir a presidência da Câmara Municipal de Mariana será Beth Cota, irmã de Celso Cota.
Por outro lado, o cabeça da chapa, Juliano Duarte, é irmão de Duarte Eustáquio Júnior, atual prefeito de Mariana.
 
A transmissão da posse bem como a eleição da mesa direto será transmitida ao vivo pelo site da Câmara Municipal de Mariana. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade