UAI
Publicidade

Estado de Minas LESTE DE MINAS

Gustavo Nunes (PSL), eleito em Ipatinga, é o prefeito mais jovem da história da cidade

Com 26 anos de idade, o vereador Gustavo Nunes (PSL), venceu seu adversário direto, o atual prefeito de Ipatinga, Nardyello Rocha (Cidadania), com 40,90% dos votos válidos


16/11/2020 16:46 - atualizado 16/11/2020 18:14

Allex Imóveis (PSL) e Gustavo Nunes (PSL), vice e prefeito, eleitos em Ipatinga, comemoram a vitória na eleição 2020(foto: Reprodução Rede Social Gustavo Nunes)
Allex Imóveis (PSL) e Gustavo Nunes (PSL), vice e prefeito, eleitos em Ipatinga, comemoram a vitória na eleição 2020 (foto: Reprodução Rede Social Gustavo Nunes)
A vitória do vereador Gustavo Nunes (PSL), 26 anos, sobre o atual prefeito de Ipatinga, Nardyello Rocha (Cidadania), 54 anos, surpreendeu até mesmo ao vencedor, que sempre manteve a confiança, mas revela que não esperava a votação expressiva, que ele já sabe de cor: 45.980 votos.

“Nós não esperávamos ter essa grande quantidade de votos, porque, no nosso planejamento, tínhamos o entendimento de que, nessas eleições, o candidato que tivesse 34 ou 35 mil votos, seria o vencedor. Mas, graças a Deus, com um trabalho muito árduo, com muito planejamento, nós conseguimos chegar a esse resultado”, disse.

Gustavo Nunes também atribuiu sua vitória aos apoios que recebeu dos deputado Charles Evangelista, presidente estadual do PSL, do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e do presidente da República Jair Messias Bolsonaro, que ele faz questão de chamar pelo nome completo e dizer que recebeu do presidente “um apoio excepcional”.

 
O resultado final da eleição em Ipatinga teveGustavo Nunes (PSL) com 40,90% (45.980 votos); Nardyello Rocha - (Cidadania) 31,32% (35.205 votos); Jadson Heleno (DEM) 17,29% (19.437 votos); João Magno (PT) 9,21% (10.357 votos); Diego Arthur (PCB) 0,51% (573 votos); Robinson Ayres (PSOL) 0,47% (529 votos) e Rair Anício (PSTU) 0,29% (327 votos).

Câmara se renova


A Câmara de Ipatinga teve uma renovação de 63%. Dos 19 vereadores do atual mandato, sete foram reeleitos para a 15ª Legislatura, que começa em 1º de janeiro de 2021 e se encerrará no dia 31 de dezembro de 2024. "Esse cálculo de renovação é feito tomando como base os 19 vereadores. Esse percentual cai para apenas 50% se considerarmos que cinco atuais não disputaram a eleição", disse o analista da Câmara Nilson Silva. 
   
Apesar de um maior número de mulheres na disputa, a bancada feminina será a mesma eleita da atual legislatura, com três cadeiras. Atualmente, a Câmara conta com quatro mulheres, porque uma suplente chegou a ocupar o cargo de vereadora desde o ano passado. 

Foram reeleitos os vereadores Antonio Alves - Tunico (Podemos), Francisco Bastos - o Chiquinho (PP); Werley Glicério - Ley do Trânsito (PSD); Avelino Cruz - Vevê (PP); Toninho Felipe (Cidadania); Ademir Claudio (DEM) e Adiel Oliveira (PMN). Já os vereadores Ney Professor (PTC), Herminio Bernardo (PSDB), Vianei (AVANTE), Wellington da Floricultura (PSC), Nivaldo Antonio (PTC), Zé Terez (PSL), Fernando Ratzke (Cidadania), Cida Lima (PT), Professora Mariene (Patriota), Coronel Silvane Givisiez (PSC), Daniel Guedes (PSD), Cecília Ferramenta (PT) foram eleitos em seu primeiro mandato. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade