Publicidade

Estado de Minas TWITTER

Bolsonaro posa com cachorro e ironiza Doria: ''Vacina obrigatória só no Faísca''

Presidente voltou a dizer que a vacina não será compulsória, conforme anunciado por Doria para a capital paulista


24/10/2020 21:54 - atualizado 24/10/2020 21:59

(foto: Reprodução / Twitter )
(foto: Reprodução / Twitter )

O presidente Jair Bolsonaro ironizou seu desafeto político, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Em publicação nas redes sociais na noite deste sábado (24), o chefe do Executivo posou para uma foto ao lado do cachorro adotado pela primeira-dama, Michelle.

Ele voltou a dizer que a vacina não será compulsória, conforme anunciado por Doria para a capital paulista.
“Vacina obrigatória só aqui no Faísca”, alfinetou Bolsonaro.
Em evidente politização da vacina, o presidente e o tucano tem aumentado a troca de farpas durante a semana. Na segunda-feira, Bolsonaro afirmou que a “vacina contra a covid-19 não será obrigatória e ponto final”.



Pela imposição, Bolsonaro chamou seu oponente de “nanico projeto de ditador”. Além disso, o presidente também cancelou o protocolo de compra de 46 milhões doses da CoronaVac que estava em viabilidade com o Ministério da Saúde, alegando que a mesma não possui comprovação científica.

"Vacina do Brasil"

Já na tarde deste sábado (21), João Doria agradeceu à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pela liberação da compra inicial de 6 milhões de doses da CoronaVac, vacina em desenvolvimento com a parceria entre o Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac.

Doria utilizou a frase do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, quando da assinatura do acordo intenção de compra desautorizado no dia seguinte por Bolsonaro: "Será a vacina do Brasil". O governador paulista também cobrou a liberação de insumos para a produção de outras 40 milhões de doses de imunizantes. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade