Publicidade

Estado de Minas

Governo anuncia salário dos servidores de saúde e segurança para segunda

Profissionais da linha de frente do combate ao coronavírus receberão valor integral. Os demais servidores receberão, no mesmo dia, a primeira parcela, no valor de R$ 2 mil


postado em 09/06/2020 17:30

Governador Romeu Zema disse que o estado perdeu R$ 2 bilhões de arrecadação de ICMS em maio(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Governador Romeu Zema disse que o estado perdeu R$ 2 bilhões de arrecadação de ICMS em maio (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)

O governo de Minas anunciou nesta terça-feira que os servidores das áreas de saúde e segurança púbica receberão o valor integral do salário referente ao mês de maio na próxima segunda-feira, depois do feriado prolongado de Corpus Christi. A medida incluirá todos os funcionários dos 853 municípios do estado.

 

Os demais servidores receberão no mesmo dia a primeira parcela, com o valor de R$ 2 mil. O governo não divulgou a data para o pagamento da segunda parcela.

 

A quitação dos salários será possível em razão da liberação, também nesta terça-feira, da primeira parcela do auxílio emergencial repassado pela União a estados e municípios. Os recursos vão compensar as perdas de arrecadação e gastos extras com Saúde por causa da pandemia do coronavírus.

 

O governador Romeu Zema (Novo) alegou que Minas perdeu cerca de R$ 2 bilhões com arredação no ICMS somente no mês de maio. Em abril, o prejuízo havia sido R$ 1 bilhão.

 

O estado ainda tem de repassar uma quantia de R$ 7 bilhões para as prefeituras, que deveria ser paga durante o mandato de Fernando Pimentel. Segundo Zema, o valor seria essencial para manter as contas públicas em dia no estado

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade