Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Toffoli minimiza divergências em meio à pandemia e diz: 'Temos um Estado que funciona'

Presidente do STF também criticou a imprensa ao analisar que o bom andamento do Estado 'não aparece'


postado em 17/04/2020 12:44 / atualizado em 17/04/2020 12:51

STF tem feito sessões por videoconferência devido à pandemia de coronavírus(foto: Reprodução/YouTube Safra)
STF tem feito sessões por videoconferência devido à pandemia de coronavírus (foto: Reprodução/YouTube Safra)
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, abordou os impactos da pandemia do novo coronavírus no Judiciário durante uma live nesta sexta-feira. Na entrevista, concedida ao canal do Banco Safra no YouTube, o ministro do STF também elogiou o funcionamento de toda máquina pública, apesar de certas “divergências” no cenário político atual.

“Nós temos tido, realmente, o Estado democrático brasileiro funcionando, as instituições, Judiciário, Legislativo, Executivo, e quando falo em Executivo é a União, são os estados e os municípios. Temos uma estrutura de Estado que tem demonstrado sua competência, seu trabalho. Você pode ter divergência aqui, acolá, você pode concordar com isso e não concordar com aquilo, mas a síntese é que o Estado tem funcionado bem sim, e sou otimista em relação a isso”, disse Toffoli, na manhã desta sexta-feira.

As principais divergências que se pode notar no período de pandemia dizem respeito ao Executivo. Após diferenças de opinião relacionadas principalmente ao isolamento social e à gravidade do caso, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), decidiu trocar o ministro da Saúde nessa quinta-feira.

Bolsonaro também conflita com governadores, que na grande maioria tratam a COVID-19 de forma distinta daquela que o presidente pensa como o mais coerente a se fazer. O chefe do Executivo é contrário ao fechamento do comércio, o que é adotado em todas as unidades de federação.

Toffoli também criticou a imprensa. Segundo o presidente do STF, atacado por apoiadores de Bolsonaro a todo instante, “não aparece o que funciona” na mídia.

“O Legislativo, o Executivo, todos têm trabalhado muito. Mostra que temos um Estado que funciona. Óbvio que aparecem nos jornais, na imprensa, críticas, não aparece o que funciona. A gente sabe, aquilo que funciona ninguém mostra. Mas tem muita coisa funcionando, muita coisa acontecendo, muita coisa sendo realizada”, afirmou Toffoli.

Segundo os dados mais recentes da COVID-19 no Brasil, divulgados pelo Ministério da Saúde nessa quinta-feira, 1.924 pessoas já morreram por causa da doença no país. Outras 30.425 estão infectadas, com índice de letalidade do vírus a 6,3%. Os cinco estados brasileiros com mais mortes são São Paulo (853), Rio de Janeiro (300), Pernambuco (160), Ceará (124) e Amazonas (124).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade