Publicidade

Estado de Minas

Em 'passeio' por Brasília, Bolsonaro limpa nariz e, em seguida, aperta mãos de apoiadores

A atitude do presidente vai na contramão de várias recomendações do Ministério da Saúde e do GDF


postado em 10/04/2020 14:33

Bolsonaro fez passeio por regiões de Brasília nesta Sexta-feira da Paixão(foto: Rerodução/TV Globo)
Bolsonaro fez passeio por regiões de Brasília nesta Sexta-feira da Paixão (foto: Rerodução/TV Globo)
Durante a visita que fez ao Sudoeste de Brasília, na manhã desta sexta-feira (10/4), em que esteve em uma farmácia e no prédio onde mora o filho Renan, o presidente Jair Bolsonaro também cumprimentou apoiadores na região. Imagens da TV Globo mostram ainda o presidente limpando o nariz com parte do braço e a mão. Em seguida, sem limpá-la, Bolsonaro aperta a mão de algumas pessoas, entre elas uma idosa que usava máscara como proteção ao Covid-19.

(foto: Rerodução/TV Globo)
(foto: Rerodução/TV Globo)
A atitude do presidente vai na contramão de várias recomendações do Ministério da Saúde e do Governo do Distrito Federal (GDF) para tentar evitar a proliferação do novo coronavírus. Entre elas, a de não fazer aglomeração, não colocar as mãos no rosto e não apertar as mãos das pessoas.

(foto: Rerodução/TV Globo)
(foto: Rerodução/TV Globo)
Não é a primeira que Bolsonaro não evita aglomerações. Na quinta-feira (9/4), o presidente esteve em uma padaria na Asa Norte. Contrariando o decreto do GDF que libera o funcionamento do estabelecimento, ele fez um lanche no local e causou aglomeração, além de abraçar funcionários, cumprimentar pessoas com abraços e apertos de mão, além de posar para fotos.

Em 29 de março, Bolsonaro já havia quebrado o isolamento ao percorrer comércios em Taguatinga e Ceilândia. O passeio havia ocorrido um dia após o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, reforçar o pedido para que as pessoas mantenham o distanciamento social.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade