Publicidade

Estado de Minas

Rodrigo Maia nega pedido de impeachment de Mourão e diz que denúncia é 'inadmissível'

Pedido foi feito pelo vice-líder de governo, pastor Marco Feliciano (Pode-SP)


postado em 24/04/2019 18:09

(foto: Romerio Cunha/VPR)
(foto: Romerio Cunha/VPR)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, negou seguimento à denúncia apresentada pelo deputado Pr. Marco Feliciano (Pode-SP) contra o vice-presidente da República, Hamilton Mourão.


Feliciano pediu o impeachment de Mourão por acusá-lo de “conduta indecorosa, desonrosa e indigna” e de “conspirar” para conseguir o cargo do presidente Jair Bolsonaro.


Maia disse nesta quarta-feira (24) que a denúncia é “inadmissível” e tem “propósito acusador”, por se tratar de condutas não referentes ao exercício do cargo.


O deputado e vice-líder do governo alega, entre outros motivos, que Mourão endossou uma postagem crítica a Bolsonaro feita pela jornalista Rachel Sheherazade, do SBT. Na mensagem, curtida por Mourão, a jornalista indica que Mourão é a melhor opção para gerir o País.

Sob influência do professor Olavo de Carvalho, Feliciano afirmou há alguns dias que Bolsonaro tem ciência do pedido. (Com agências). 


Publicidade