Publicidade

Estado de Minas

Protestos contra Bolsonaro são interrompidos por bombas da polícia no Chile

Manifestantes carregavam cartazes com os dizeres 'fora daqui' e 'você não é bem vindo' para o presidente


postado em 22/03/2019 21:15

A polícia chilena, de maneira truculenta, com caminhões de água e bombas, interrompeu a manifestação pacífica(foto: Leonardo Cavalcanti/CB/D.A Press)
A polícia chilena, de maneira truculenta, com caminhões de água e bombas, interrompeu a manifestação pacífica (foto: Leonardo Cavalcanti/CB/D.A Press)
Cerca de 1.000 pessoas protestaram no final da tarde desta sexta-feira (22/3) contra o presidente Jair Bolsonaro no centro de Santiago, a poucos metros do Palácio de La Moneda, sede do governo chileno.
 
Com cartazes escritos “Você aqui não é bem-vindo, fora daqui” e com fotos da vereadora assassinada Marielle Franco, os ativistas de vários grupos chilenos entoavam cânticos e palavras de ordem contra a visita do brasileiro ao país para participar de encontro com outros presidentes latino-americanos.
 
Cerca de uma hora e meia depois de iniciado o protesto, a polícia chilena, de maneira truculenta e desproporcional, com caminhões de água e bombas, interrompeu a manifestação pacífica.
 
Confira registros da manifestação:
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade