Publicidade

Estado de Minas

Bolsonaro questiona carnaval e publica vídeo obsceno em rede social

Jornalistas brasileiros e correspondentes internacionais criticaram postura do presidente


postado em 05/03/2019 22:00 / atualizado em 06/03/2019 11:32

(foto: Reprodução/Twitter)
(foto: Reprodução/Twitter)
Depois de contestar uma música de Daniela Mercury e Caetano Veloso que contém críticas ao conservadorismo e a seu governo, o presidente Jair Bolsonaro foi além e publicou um vídeo obsceno para questionar a própria festa do carnaval no Brasil. A postagem aconteceu na noite desta terça-feira, em sua conta oficial no Twitter.

"Não me sinto confortável em mostrar, mas temos que expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades. É isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro. Comentem e tirem suas conclusões", escreveu. No vídeo, um homem se abaixa para que outro urine em seu cabelo. Os dois estão no alto da estrutura de um ponto de ônibus e táxi e são observados pelo público da rua.

Durante as últimas horas do dia, o presidente foi criticado e debochado por sua postura. Jornalistas brasileiros e correspondentes internacionais reprovaram a publicação e sugeriram que o telefone de Bolsonaro fosse confiscado.

Veja o vídeo publicado pelo presidente do Brasil (contém cenas fortes):


Publicidade