Publicidade

Estado de Minas

Agostinho Patrus (PV) é eleito presidente da Assembleia Legislativa de Minas

Deputado assume quarto mandato. Na legislatura anterior, ele presidiu a Comissão Extraordinária de Barragens


01/02/2019 17:09 - atualizado 01/02/2019 17:26

Agostinho Patrus foi eleito pela unanimidade dos deputados presentes, com 75 votos (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Agostinho Patrus foi eleito pela unanimidade dos deputados presentes, com 75 votos (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

Em seu quarto mandato como deputado estadual, Agostinho Patrus (PV) é eleito presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) pelos próximos dois anos. Na última legislatura, ele presidiu a Comissão Extraordinária das Barragens.

Confira a nova mesa diretora da ALMG

Presidente: Agostinho Patrus (PV) 
1º vice-presidente: Antonio Carlos Arantes (PSDB)

 

2º vice-presidente: Cristiano Silveira (PT)
3ª vice-presidente: Alencar da Silveira Jr. (PDT)
1º secretário: Tadeu Martins Leite (MDB)
2º secretário: Carlos Henrique (PRB)
3º secretário: Arlen Santiago (PTB)

O deputado foi escolhido pela unanimidade dos presentes, com 75 votos. A eleição não provocou surpresas, já que ele era o nome mais cotado para assumir o cargo. Agostinho já foi secretário de Estado de Turismo do governo de Antonio Anastasia, entre 2011 e 2013. Em 2008 foi convidado a assumir a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social.

O deputado Virgílio Guimarães (PT) chegou correndo no plenário, e não registrou voto, mas disse estar com Agostinho. Ele justificou o atraso ao fato de ter sido cercado por manifestantes do Norte de Minas. O presidente da sessão, Dr. Hely Tarqüínio (PV), deputado mais velho da Casa, não votou, mas declarou apoio a Agostinho.

"A Assembleia inicia sua nova legislatura coesa, independente, consciente de seu papel", diz Agostinho. Ele destacou o momento difícil de Minas, apontando que caberá ao Legislativo avaliar e discutir as medidas e reformas propostas pelo Executivo.

Posse dos 77 deputados estaduais contou com protestos contra a Vale e contra o governo, pelo pagamento do 13º salário(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Posse dos 77 deputados estaduais contou com protestos contra a Vale e contra o governo, pelo pagamento do 13º salário (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade