Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Bolsonaro indica Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto para Desenvolvimento Regional

Presidente eleito disse, em portagem no Twitter, que o indicado para a nova pasta tem 'ampla experiência'


postado em 28/11/2018 16:04 / atualizado em 28/11/2018 16:24

(foto: Divulgação/Assessoria do governo de transição)
(foto: Divulgação/Assessoria do governo de transição)

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) anunciou na tarde desta quarta-feira o nome de Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto como futuro ministro do Desenvolvimento Regional. Em uma postagem no Twitter, Bolsonaro disse que o indicado tem “ampla experiência” adquirida no Ministério do Planejamento, onde atua como servidor efetivo.

“Informo a todos a indicação do Sr. Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto, servidor efetivo do Ministério do Planejamento com ampla experiência, para o Ministério do Desenvolvimento Regional. Boa tarde!”, postou.


A pasta será implementada por Bolsonaro e reunirá os ministérios da Integração Nacional e Cidades. Ambos serão transformados em secretárias na nova gestão, a partir de 1º de janeiro.

Gustavo Canuto é formado em Engenharia de Computação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB).

Segundo agências de notícias, nos últimos dois anos, foi chefe de gabinete do Ministro da Integração Nacional. Também já assumiu compromissos de trabalho nas Secretarias de Aviação Civil e Geral da Presidência da República, além da Agência Nacional de Aviação Civil, segundo seu perfil na página do Ministério da Integração. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade