Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Palavra 'mudança' é escolhida como a que melhor traduz 2018, mostra pesquisa


postado em 26/11/2018 15:41

A palavra "Mudança" é a que melhor traduz o ano de 2018 para 34% dos brasileiros, segundo votação que determinou a #PalavradoAno2018, iniciativa realizada pela CAUSE e Ideia Big Data. As cinco finalistas desta edição foram: medo, esperança, luta, mudança e caos.

Segundo avaliação do cientista político e sócio-fundador da CAUSE, Leandro Machado, o termo "Mudança" representa bem o sentimento da população com o Brasil em 2018. "Mudança costuma ser um sentimento típico de anos eleitorais, mas o que percebemos em 2018 é que isso veio com muito mais força. É algo marcante de um ano em que o debate eleitoral expôs nossas maiores mazelas."

Este é o terceiro ano consecutivo em que a pesquisa da Palavra do Ano é realizada pela CAUSE, consultoria que apoia marcas e organizações a identificar e fazer a gestão de suas causas. Desde 2017, a iniciativa tem a parceria do Ideia Big Data, empresa de pesquisa e consultoria de dados.

"A Palavra do Ano nos dá uma luz sobre o sentimento geral da opinião pública", diz o presidente do Ideia Big Data, Maurício Moura. Em 2016, a escolhida foi "Indignação" e em 2017, "Corrupção". Segundo Machado, as duas primeiras edições também refletiram o momento em que o País vivia, com a economia em recessão em 2016 e o forte apelo no combate à corrupção, no ano passado.

As finalistas da edição 2018 foram determinadas depois de duas pesquisas com universo representativo da população realizadas no primeiro e no segundo semestres. No total, o levantamento recebeu mais de 5.000 respostas. Cerca de 600 palavras diferentes foram citadas.

A pesquisa para a #PalavraDoAno2018 é composta por 3 fases. Na primeira, duas consultas abertas foram feitas no primeiro e no segundo semestre de 2018. No total, foram 3.481 respostas. Em uma reunião de especialistas, foram decididas as cinco finalistas. Na segunda quinzena de novembro, as palavras finalistas voltaram para pesquisa popular e por processo de ponderação estatístico para aferir a opinião de uma audiência representativa da população brasileira. A amostra contou com 1.537 respostas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade