Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Correção: votação popular irá definir palavra que representou o Brasil neste ano


postado em 14/11/2018 17:18

A nota enviada anteriormente contém uma incorreção. A escolha foi feita ontem, dia 13, e não nesta quarta-feira. Segue o texto corrigido:

Um grupo de especialistas, que atua em diversas áreas, escolheu ontem as cinco palavras mais mencionadas no Brasil em votação popular realizada pela internet. Com base em um universo de 600 palavras, foram selecionadas as mais citadas e que representam o sentimento da população com o momento atual do País: medo, esperança, luta, mudança e caos. No dia 26, após nova votação popular, será revelada a palavra que melhor representa 2018 na visão dos brasileiros.

A iniciativa é da CAUSE, consultoria que apoia marcas e organizações a identificar e fazer a gestão de suas causas, em parceria com a Ideia Big Data, empresa de pesquisa. "Entre as finalistas de 2018, há uma mistura de palavras que ainda refletem uma visão um tanto negativa do cenário e outras que expressam um desejo de que as coisas melhorem logo", analisa Leandro Machado, sócio-fundador da CAUSE e um dos criadores do movimento Agora!.

Essa é a terceira edição da palavra do ano. Em 2016, a palavra escolhida foi "indignação" e, em 2017, "corrupção". Segundo Machado, as duas primeiras edições também refletiram o momento em que o País vivia, com a economia em recessão em 2016 e o forte apelo no combate à corrupção, no ano passado.

A pesquisa para a #PalavraDoAno2018 é composta por 3 fases. Na primeira, duas consultas abertas, feitas pelo PiniOn (aplicativo de pesquisas do Ideia Big Data) foram feitas no primeiro e no segundo semestre de 2018. No total, foram 3.481 respostas. Depois, em uma reunião de especialistas feita nesta terça-feira, 13, foram decididas as cinco finalistas. Por fim, a partir de agora, as cinco palavras escolhidas voltam para pesquisa popular via PiniOn. O resultado final sai até dia 26 de novembro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade