Publicidade

Estado de Minas

''Questão de agenda'', diz Bolsonaro sobre crise diplomática com Egito

Depois de ter se negado a responder sobre a tensão nesta manhã, presidente eleito disse que mudança de embaixada ainda não é certa


postado em 06/11/2018 16:01

(foto: Wikipédia)
(foto: Wikipédia)
Depois de afirmar que mudaria a embaixada de Israel para Jerusalém e ter criado rusgas com o governo do Egito, que chegou a cancelar um encontro diplomático com Jair Bolsonaro (PSL), o presidente eleito volta atrás e diz que “questão não está decidida”. 

Na manhã desta terça-feira (6), ele se negou a responder sobre a crise diplomática durante entrevista coletiva, mas depois de encontro no Ministério da Marinha nesta tarde, foi novamente questionado sobre o assunto e respondeu. “Questão de agenda. Seria prematuro um país anunciar uma retaliação em função de uma coisa que não foi decidida ainda”, disse.
 
Na última quinta-feira (1), o Bolsonaro declarou: “Como afirmado durante a campanha, pretendemos transferir a Embaixada do Brasil de Telavive para Jerusalém".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade