Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Onyx diz que não houve recuo sobre fusão de ministérios


postado em 30/10/2018 18:31

Ao deixar a casa do empresário Paulo Marinho, o futuro ministro da Casa Civil de Jair Bolsonaro (PSL), Onyx Lorenzoni (DEM-RS), afirmou que não houve contradição na postura adotada pela cúpula sobre a fusão dos ministérios do Meio Ambiente com o da Agricultura e o da Economia, que unirá o da Fazenda, Planejamento, Indústria e Comércio. Ao longo da campanha, Bolsonaro anunciou que tomaria a medida, mas recuou na semana passada, dizendo que era uma pessoa "que está pronta para o diálogo" e que queria "o melhor para o campo e para o meio ambiente".

Confrontado com isso, Onyx negou que Bolsonaro tenha admitido, durante a campanha, recuar das medidas. "Ele não falou que não ia fazer. Ninguém recuou nada. A questão da agricultura, alimentação e meio ambiente é uma decisão desde os primeiros passos do plano de governo", disse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade