Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

No RS, com 98,52% de urnas apuradas Heinze (PP) e Paim (PT) são eleitos senadores


postado em 07/10/2018 20:41

Com 98,52% das urnas apuradas, os candidatos Luis Carlos Heinze (PP) e o candidato à reeleição, Paulo Paim (PT), estão tecnicamente eleitos para o Senado. Eles terão oito anos de mandato a partir do ano que vem. Até o momento, Heinze registrou 21,92% e Paim, 17,74%.

Os dois eleitos deixaram para trás os candidatos Beto Albuquerque (PSB), com 16,22% dos votos, Carmen Flores (PSL), com 14,37%, e José Fogaça (MDB), que teve 13,88%.

Luis Carlos Heinze é deputado federal em quinto mandato e já foi prefeito da cidade de São Borja, entre 1993-1996. Membro da bancada ruralista da Câmara, Heinze chegou a ser pré-candidato ao governo gaúcho, mas concorreu ao Senado após a senadora Ana Amélia (PP) desistir da reeleição e seu partido apoiar o PSDB na corrida ao Palácio Piratini.

Paulo Paim ocupa o cargo de senador e está em segundo mandato. Antes, Paim foi deputado federal por quatro mandatos, entre 1987-2003. É o autor da lei do Estatuto do Idoso e tem como bandeira a defesa dos direitos humanos.

Com 11.329.605 de habitantes, segundo dados de 2018 do IBGE, o Rio Grande do Sul representa 6,4% do PIB nacional. Com uma economia diversificada, o destaque fica para o setor de serviços, responsável por 67,3% do PIB estadual, seguido pela indústria (23,2%) e setor agropecuário (9,4%). O Estado é conhecido pela cultura de soja e a criação de gado. O turismo é desenvolvido na região da Serra, com destaque para os municípios de Gramado e Canela.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade