Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Polícia detém pessoas que faziam propaganda eleitoral no DF e RN


postado em 07/10/2018 16:10

Pessoas que faziam propaganda de candidatos no Distrito Federal foram conduzidas a delegacias pela Polícia Militar neste domingo, 7. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do DF, o Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob) informou que, até o meio dia, 43 pessoas foram encaminhadas às delegacias.

Foram registrados flagrantes de pessoas que estavam gritando nome, balançando camiseta ou distribuindo propaganda político-partidária de candidatos. Todos assinaram Termo de Compromisso de Comparecimento e, segundo a SSP, foram liberados. A propaganda eleitoral está proibida de ser realizada desde as 22 horas da noite de sábado, 6.

O Departamento de Trânsito registrou até o meio dia pontos de retenção nas proximidades das zonas eleitorais de Águas Claras e Taguatinga Sul, no entorno do Plano Piloto, região central de Brasília. Não houve nenhum registro de ocorrência grave até o momento, segundo a SSP.

No Rio Grande do Norte, uma advogada foi presa em flagrante por policiais civis na cidade de Pendências. Os policiais faziam ronda pela cidade quando visualizaram a mulher entregando "santinhos" de dois candidatos à Assembleia Legislativa local a um senhor que se aproximava do local de votação.

De acordo com o Ministério Público Eleitoral, após revista realizada pelos policiais civis no carro utilizado pela advogada foram encontrados outros 158 "santinhos" idênticos ao entregue ao eleitor. Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RN) foram acionados e as investigações relativas ao caso ficaram a cargo da Promotoria Eleitoral da 47ª Zona Eleitoral.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade