Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Ibope: Anastasia lidera em MG; Fernando Pimentel e Romeu Zema têm empate técnico


postado em 06/10/2018 20:48

Faltando menos de 12 horas para o começo das eleições, a última pesquisa Ibope em Minas Gerais aponta, pela primeira vez, um empate técnico entre na disputa pelo segundo lugar entre o atual governador Fernando Pimentel, do PT, com 20% das intenções de voto, e o candidato do partido Novo, Romeu Zema, que está em terceiro lugar, com 18%. O senador Antonio Anastasia, do PSDB, se mantém na liderança com 32%. A novidade é o empate técnico. A margem de erro é de 2 pontos, para mais ou para menos.

A situação de empate técnico se deu após um crescimento de Zema de oito pontos porcentuais em relação à última pesquisa do mesmo instituto, divulgada na terça-feira, e a oscilação negativa de dois pontos de Pimentel. Os demais candidatos registram índices menores que 5%. Treze por cento dos entrevistados disseram que votarão em branco ou anularão, e 9% disseram que não sabem em quem votarão.

Pelos votos válidos - quando se exclui nulos, brancos e indecisos -, o cenário indica a possibilidade de segundo turno, já que Anastasia tem 42%, Pimentel aparece com 25% e Romeu Zema tem 23%. A margem de erro também é de dois pontos porcentuais, para mais ou para menos.

Em um possível segundo turno entre Anastasia e Pimentel, o tucano venceria com 46% dos votos, enquanto Pimentel teria 27%.

O Ibope também indicou que Fernando Pimentel segue como o candidato com maior índice de rejeição, com 40%, enquanto Anastasia tem 24% e Romeu Zema, 10%.

A pesquisa foi encomendada pela Rede Globo e foram ouvidos 2002 eleitores de 115 munícipios mineiros, entre os dias 4 e 6 de outubro. O registro no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) é MG - 01559/2018, e o registro no Tribunal Superior Eleitoral é BR - 08924/2018.

Senado. A ex-presidente cassada, Dilma Rousseff, candidata ao Senado pelo PT, diminuiu em relação a última pesquisa, chegando a 26% das intenções de voto. No levantamento anterior, ela recebeu 29%.

Na briga pela segunda vaga, o candidato do PHS, Carlos Viana, se manteve na segunda colocação, com 18%. No entanto, ele está em condição de empate técnico, pela margem de erro, com o postulante do DEM, Rodrigo Pacheco, que tem 18% dos votos. Já Dinis Pinheiro, do Solidariedade, ficou com 16%. Pacheco e Pinheiro são companheiros de chapa, da coligação de Antonio Anastasia. O candidato do PDT, Fábio Cherem, vem em seguida, com 12%.

Pelos votos válidos, Dilma Rousseff está com 20% das intenções de voto. Carlos Viana e Rodrigo Pacheco estão empatados com 14%. Dinis Pinheiro vem em seguida, com 12%.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade