Publicidade

Estado de Minas

Decisão de Marco Aurélio é um resgate da legalidade, diz defesa de Cunha


postado em 28/06/2018 22:36

São Paulo, 28 - Os advogados do deputado cassado Eduardo Cunha (MDB-RJ) afirmaram nesta quinta-feira, 28, em nota, que decisão liminar do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que mandou soltar o ex-deputado, é "um resgate da legalidade e do respeito à Constituição".

"Essa prisão era absolutamente ilegal e desnecessária. Ela foi decretada em um caso absurdo, em que nem mesmo os delatores de plantão se dispuseram a confirmar a leviana acusação", disseram em nota os advogados Pedro Ivo Velloso e Ticiano Figueiredo.

No entanto, o ex-presidente da Câmara dos Deputados continuará preso por ter outros três decretos de prisão contra ele que continuam em vigor - mas também são alvos de questionamentos na Justiça.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade