Publicidade

Estado de Minas

Temer visita em Roraima abrigos de imigrantes venezuelanos

Crise política política e econômica tem forçado a migração. Cerca de 40 mil venezuelanos estão abrigados somente na capital roraimense


postado em 21/06/2018 07:24

(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
O presidente Michel Temer viaja nesta quinta-feira (21) para Roraima, onde visitará as instalações de acolhimento dos imigrantes venezuelanos que chegam ao Brasil pela fronteira com o estado. As visitas a Pacaraima e à capital, Boa Vista, ocorrem quatro meses após outra viagem feita pelo presidente à região, quando ele anunciou uma medida provisória de atendimento emergencial aos imigrantes.

Em Boa Vista, Temer vai inspecionar as estruturas do abrigo Novo Canaã, um dos nove existentes em Roraima para receber os venezuelanos. De acordo com o governo, mais quatro abrigos devem ser instalados para reforçar os acolhimentos, que incluem atendimentos médicos e vacinação. Além da União, os locais contam com o apoio do governo estadual e das prefeituras, além da ONU, por meio do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur).

Às 14h50, o presidente visitará o posto de identificação e recepção dos imigrantes que chegam à cidade fronteiriça de Pacaraima. Depois, ele vai inspecionar o posto de triagem da Polícia Federal. O local oferece ações para receber, identificar, regularizar e imunizar os imigrantes na fronteira.

Na mesma agenda, o presidente vai acompanhar, ao lado de autoridades locais, os trabalhos do Posto de Atendimento Avançado (PAA) e da Área de Apoio da Operação Acolhida.

O embarque em Brasília está previsto para as 8h, com chegada às 10h40. O retorno à capital federal deve ocorrer às 21h20.

Imigração


Nos últimos meses, Roraima passou a receber venezuelanos diariamente devido à crise econômica e política pela qual passa o país. Cerca de 40 mil venezuelanos estão abrigados somente na capital roraimense, de acordo com a prefeitura de Boa Vista. Na tentativa de auxiliar os imigrantes, o governo federal tem promovido também ações de deslocamento para outras cidades, com o objetivo de facilitar a entrada deles no mercado de trabalho. ( Com Agência Brasil)
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade