Publicidade

Estado de Minas

Em carta a jornal inglês, intelectuais defendem candidatura de Lula


postado em 09/06/2018 15:24 / atualizado em 09/06/2018 15:52

São Paulo - Professores e intelectuais que atuam em universidades da Inglaterra publicaram nesta sexta-feira, 8, uma carta no jornal inglês The Guardian criticando a prisão do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

No texto, os intelectuais afirmam que o petista foi preso para ser mantido afastado das eleições presidenciais deste ano no Brasil. "Há provas contundentes de sua inocência e de que ele foi julgado injustamente", dizem no texto. Os intelectuais pedem que Lula seja solto para "concorrer a eleições e permitir que os cidadãos brasileiros possam exercer seus direitos democráticos", finalizam.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade