Publicidade

Estado de Minas

Reação a Bolsonaro se divide em vaias e aplausos na Marcha para Jesus

Em um rápido discurso, ao lado do senador Magno Malta (PR-ES) e do apóstolo Estevam Hernandes, líder da igreja Renascer, Bolsonaro afirmou que amava Israel


postado em 31/05/2018 17:48 / atualizado em 31/05/2018 18:44

 O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), pré-candidato à Presidência da República(foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil)
O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), pré-candidato à Presidência da República (foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil)

São Paulo - O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), pré-candidato à Presidência da República, foi vaiado por parte do público e aplaudido por outra parcela dos fiéis evangélicos que acompanhavam a Marcha para Jesus, em São Paulo, nesta quinta-feira, 31.

Em um rápido discurso, ao lado do senador Magno Malta (PR-ES) e do apóstolo Estevam Hernandes, líder da igreja Renascer, Bolsonaro afirmou que amava Israel. Durante a Marcha, líderes religiosos defenderam a ideia de reconhecer Jerusalém como capital de Israel. Bandeiras do país, considerado berço do cristianismo, eram levantadas entre o público.

"Brasil acima de tudo e Deus acima de todos", disse o parlamentar.

Já Magno Malta, cotado para ser vice de Bolsonaro nas eleições presidenciais, fez um discurso contra a descriminalização do aborto.

Na sequência da fala dos dois, o evento teve show da cantora Lauriete, esposa de Magno Malta e ex-deputada federal pelo Espírito Santo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade