Publicidade

Estado de Minas

Não está definido que Temer vá desistir de concorrer na eleição, afirma Marun


postado em 22/05/2018 09:30

São Paulo, 22 - O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, disse na manhã desta terça-feira, 22, em entrevista à rádio

CBN

, que, ao contrário do que vem sendo propagado, não há nada definido até o momento para que o presidente Michel Temer anuncie oficialmente sua desistência de concorrer à reeleição e expresse apoio à pré-candidatura do ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles ao Palácio do Planalto nessas eleições gerais.

O MDB realiza evento nesta terça, em conjunto com a Fundação Ulysses Guimarães, braço político da sigla, na sede do partido, em Brasília, na qual será lançado o documento "Encontro com o Futuro" - que será uma espécie de cartilha da sigla nessas eleições gerais e o terceiro da série iniciada com "Ponte para o Futuro", na ocasião do impeachment de Dilma Rousseff.

A ideia, defendida por setores do partido nos bastidores, é que o evento sirva de mote para que o presidente Michel Temer, que participará do encontro, possa fazer um aceno público na direção de Meirelles. Marun disse, entretanto, que isso não está definido. "Conversei com Temer no domingo (dia 20) e posso dizer que não há nada definido se ele expressará sua vontade (com relação às eleições presidenciais deste ano) hoje ou em outro momento. O que posso dizer é que ele (Temer) é o mais preparado para continuar conduzindo o País", afirmou o ministro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade