Publicidade

Estado de Minas

Defesa pede que Sérgio Cabral seja transferido de Bangu para Benfica

Cabral foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, com base em processos da Operação-Lava Jato, pela 13ª Vara Federal de Curitiba e pela 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro


postado em 13/04/2018 16:16

 

O ex-governador está preso desde novembro de 2016(foto: Fabio Motta/Estadão Conteúdo)
O ex-governador está preso desde novembro de 2016 (foto: Fabio Motta/Estadão Conteúdo)

A defesa do ex-governador Sérgio Cabral pediu nesta sexta-feira que ele seja transferido do Complexo Penitenciário de Gericinó (Bangu) para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica.


Cabral foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, com base em processos da Operação-Lava Jato, pela 13ª Vara Federal de Curitiba e pela 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro.

O ex-governador está preso desde novembro de 2016. Depois de ficar um tempo preso em Bangu, ele foi transferido para a cadeia de Benfica, em maio de 2017.

No início deste ano, depois de denúncias de que tinha regalias no presídio de Benfica, o Ministério Público pediu que sua transferência para o Complexo Médico-Penal de São José dos Pinhais, no Paraná.

Na última quarta-feira, Cabral voltou para o Rio de Janeiro, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), e está, desde então, preso em Bangu 8, no Complexo Penitenciário de Bangu.

Segundo seus advogados, esperava-se que Cabral fosse transferido de Curitiba direto para Benfica, onde estão os outros presos pela Operação Lava-Jato, mesmo aqueles já condenados.

Além de considerar que Cabral está sendo tratado de maneira discriminatória em relação aos outros presos da Lava Jato, os advogados disseram acreditar que, em Bangu, o ex-governador terá “a sua integridade física exposta à retaliação de detentos milicianos e ex-policiais que ajudou a punir durante o seu mandato, como aconteceu na primeira vez em que esteve internado naquele xadrez”.

O risco à integridade física, segundo os advogados, foi o que fez com que a Secretaria de Administração Penitenciária transferisse Cabral de Bangu para Benfica, em maio de 2017.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade