Publicidade

Estado de Minas

Edson Fachin diz que família está sendo ameaçada

Relator da Lava-Jato, ministro do Supremo Tribunal Federal afirmou que já pediu providências ao órgão e à Polícia Federal


postado em 27/03/2018 18:43 / atualizado em 27/03/2018 19:40

Edson Fachin disse estar preocupado com possíveis retaliações a seus familiares pela atuação no Supremo (foto: José Cruz/Agência Brasil )
Edson Fachin disse estar preocupado com possíveis retaliações a seus familiares pela atuação no Supremo (foto: José Cruz/Agência Brasil )

O ministro Edson Fachi, relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que membros da sua família estão sendo ameaçados. As declarações foram feitas ao jornalista Roberto D'Avila em programa que será exibido nesta terça-feira à noite pela GloboNews.

“Uma das preocupações que tenho não é só com julgamento, mas também com segurança de membros de minha família. Tenho tratado desse tema e de ameaças que tem sido dirigidas a membros da minha família", afirmou o ministro.

Fachin contou ainda que já pediu providências à presidente do STF, ministra Carmen Lúcia, e à Polícia Federal, mas “nem todos os instrumentos foram agilizados”.

O ministro disse que é “agradecido” à vida por ter chegado ao Supremo e estar diante do processo da Lava-Jato, mas que está preocupado com as consequências para seus familiares.

 “Fico preocupado sim com aqueles membros de minha família que não fizeram essa opção e poderão eventualmente sofrer algum tipo de consequência”, afirmou.

Fachin foi indicado para o STF em junho de 2015 pela então presidente Dilma Rousseff (PT) e não relacionou as ameaças a nenhum caso específico em que esteja atuando ou que tenha julgado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade