Publicidade

Estado de Minas

Vereadora do PSOL é assassinada no Centro do Rio de Janeiro

A Polícia Civil vai investigar o caso. O motorista que estava com ela também foi morto


postado em 14/03/2018 22:35 / atualizado em 14/03/2018 23:49

(foto: Facebook/Reprodução)
(foto: Facebook/Reprodução)
Um crime bárbaro chocou moradores do Rio de Janeiro na noite desta quarta-feira. A vereadora Marielle Franco (PSOL/RJ) foi morta a tiros na Rua Joaquim Palhares, no centro da cidade. O crime aconteceu por volta das 21h30. 


De acordo com o portal de notícias G1, o 4° Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro informou que ela foi baleada dentro de um carro quando seguia de volta para casa. O motorista que estava no local também foi morto.


A Polícia Civil do Rio de Janeiro foi acionada e vai investigar o caso. Até às 23h30 não estava esclarecido se a vereadora foi alvo de assaltantes ou vítima de uma execução.


Marielle fez uma transmissão ao vivo em sua página oficial no Facebook na noite desta quarta. O evento era "Roda de conversa Mulheres Negras Movendo Estruturas".



A vereadora foi a quinta mais votada do Rio nas eleições de 2016 com 46.502 votos. Socióloga formada pela PUC-Rio e mestra em Administração Pública pela Universidade Federal Fluminense (UFF), teve dissertação de mestrado com o tema “UPP: a redução da favela a três letras”.


Em nota, o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) manifestou seu pesar diante do assassinato da vereadora.


Com informações da Agência Estado


Publicidade