Publicidade

Estado de Minas

Deputados vão parar em abanador de carnaval por reforma da Previdência

O nome e foto de 15 parlamentares mineiros decoraram o acessório feito pelo Sindifisco e distribuído para amenizar o calor nos blocos de BH


postado em 14/02/2018 08:26 / atualizado em 14/02/2018 11:23

Os representantes do Sindifisco também desfilaram com máscaras dos deputados(foto: Flávia Ayer / EM / D.A. Press)
Os representantes do Sindifisco também desfilaram com máscaras dos deputados (foto: Flávia Ayer / EM / D.A. Press)

Os deputados federais mineiros com posicionamentos favoráveis à Reforma da Previdência não tiveram sossego nem no carnaval. Pelo menos 15 deles foram parar em um abanador feito pelo Sindifisco MG e distribuído nos blocos de carnaval de Belo Horizonte. “Quem vota a favor da Reforma da Previdência vota contra você”, diz a campanha.

O presidente Michel Temer (MDB) golocou o mês de fevereiro como prazo máximo para votar o texto que muda as regras de aposentadoria dos brasileiros. Mas, apesar do empenho, até o momento o governo não tem os votos necessários para aprovar o texto. Um dos motivos é a desaprovação popular da proposta combinada com a proximidade das eleições de outubro.

A divulgação dos deputados favoráveis ao texto faz parte da campanha 'quem vota contra você'(foto: Juliana Cipriani / EM / D.A. Press)
A divulgação dos deputados favoráveis ao texto faz parte da campanha 'quem vota contra você' (foto: Juliana Cipriani / EM / D.A. Press)
O Sindifsco MG iniciou uma campanha contra a aprovação da Reforma da Previdência, colocando no ar, no fim de janeiro, o site “Quem vota contra você”, que informa qual a posição dos parlamentares sobre a proposta. De acordo com a plataforma, 90% dos deputados mineiros votam contra a reforma da Previdência. “Mas vários deputados são a favor. Saiba Quais”, diz o site.

“Temer diz que quer reformar a Previdência para combater privilégios. Mas ele mesmo se aposentou aos 55 anos e hoje recebe R$ 30,6 mil por mês. Já os deputados que são a favor da reforma têm, além do salário, casa, comida, saúde, combustível e viagens de graça. E ainda dizem que você é o privilegiado”, diz o Sindifisco.


Na plataforma disponibilizada pelo Sindifisco é possível enviar email individualmente ou em massa para os deputados que são a favor da reforma de Temer. O serviço também está disponível para contatar os contrários e os indecisos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade