Publicidade

Estado de Minas

Em Davos, condenação de Lula foi comemorada por comitiva de Temer

O presidente Michel Temer e os ministros Henrique Meirelles e Moreira Franco eram informados a cada voto


postado em 24/01/2018 19:55 / atualizado em 24/01/2018 19:56

(foto: EBC)
(foto: EBC)
A condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por unanimidade foi comemorada como uma final de jogo de futebol em Davos (Suíça).

À mesa do jantar oficial do Forum Econômico Mundial, no hotel Derby, a comitiva brasileira acompanhava à distância o resultado. O presidente Michel Temer e seus principais ministros, como Henrique Meirelles (Fazenda) e Moreira Franco (Secretaria Geral da Presidência), eram informados a cada voto.

Com celular na mão, alguns anunciavam, quase aos gritos "3 a zero! 3 a zero!".

O jantar, em Davos, estava bastante concorrido. Presentes Luis Carlos Trabuco (Bradesco), Pedro Parente (Petrobras), Candido Bracher (Itaú), entre outros. Na hora em que o desembargador Victor Laus proferiu seu voto, encerrando o julgamento no TRF4, foi um sem-parar de toques de celular.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade