Publicidade

Estado de Minas

Barrada pela Justiça, Cristiane Brasil vira alvo de ataques virtuais

A filha de Roberto Jefferson teve a posse barrada pela Justiça por ter uma condenação na área trabalhista


postado em 11/01/2018 10:21

A página da deputada foi invadida por comentários negativos(foto: Reprodução Facebook)
A página da deputada foi invadida por comentários negativos (foto: Reprodução Facebook)

Depois de ser indicada pelo pai Roberto Jefferson para o cargo de ministra do Trabalho, a deputada federal Cristiane Brasil (PTB/RJ), que tinha uma audiência relativamente baixa de interações, teve sua página no Facebook invadida por críticas e comentários de internautas dizendo que ela não deveria assumir a vaga. A parlamentar teve a posse barrada pela Justiça Federal por ter uma condenação na Justiça do Trabalho.

“Sra parlamentar, somente em nosso país isto acontece. Em países Europeus, Japão, Coreia do Sul, politicos respondendo a processos não aceitam suas indicações. Mas temos muitos outros ministros na mesma condição que a sua, Lamentamos. E assim caminha o nosso país”, afirmou um dos críticos.

A deputada é questionada sobre o motivo do seu “anseio” para ser ministra. “É para ajudar a população ou unicamente para  ter os benefícios que o cargo oferece inclusive de poder desviar dinheiro mais facilmente?”, questiona outro eleitor. Outro dos quase mil comentários registra que “tá feio” e pergunta se ela não acha melhor desistir.

Os internautas citam ainda o fato de o suplente de Cristiane Brasil Nelson Nahim (PSD-RJ) ter sido condenado por estupro de falam da condenação do pai dela, Roberto Jefferson, pelo mensalão. Alguns usuários que a chamam de amiga desejam força neste momento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade