[an error occurred while processing this directive] Senador Romero Jucá é hostilizado em avião e tenta tomar celular de passageira - Politica - Estado de Minas
Publicidade

Estado de Minas

Senador Romero Jucá é hostilizado em avião e tenta tomar celular de passageira

Ação foi feita por uma passageira que gravou a discussão com o parlamentar e divulgou o vídeo nas redes sociais. Gravação já tem milhares de visualizações


postado em 30/11/2017 12:23 / atualizado em 30/11/2017 17:11


O senador Romero Jucá (PMDB-RN), presidente do PMDB nacional, foi hostilizado dentro de um avião de carreira pela passageira Rúbia Sagaz, que o questionou sobre seu áudio revelado pela Lava-Jato, em maio deste ano, onde ele sugere um pacto para barrar a operação. Ela e outros passageiros do voo gravaram toda ação.

O vídeo feito por Rúbia foi divulgado em sua página no Facebook, no fim da noite de ontem e já tem quase meio milhão de visualizações. Ela também divulgou um vídeo feito por outro passageiro, que filma toda sua ação.

Irritado, o senador tenta tomar, sem sucesso, o aparelho da mão de Rúbia, que em sua página afirma trabalhar no Instituto Federal Catarinense. “E aí, senador, conseguiu estancar a sangria?", questionou fazendo referência a um dos áudios entregues pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado à Polícia Federal, no qual Jucá afirma que é preciso "estancar a sangria", provocada pela "Operação Lava-Jato" em ações contra políticos.

“Vai acabar o seu sossego. Quer viajar? Vai ter que viajar de jatinho particular", disse ela. "O senhor deveria ter vergonha, o senhor protege corruptos. Safou seus amigos canalhas. O senhor não tem vergonha", continuou.

Jucá pede respeito e rebate dizendo que está salvando o Brasil destruído pelo PT.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade