Publicidade

Estado de Minas

Bolsonaro quer que todas as escolas do país tenham ensino militar

O pré-candidato a presidente também já indicou que, se eleito, colocaria um general à frente do Ministério da Educação


postado em 28/08/2017 11:37 / atualizado em 28/08/2017 11:58

Bolsonaro tem sido convidado por militares de todo o país para falar seus projetos(foto: Reprodução Facebook)
Bolsonaro tem sido convidado por militares de todo o país para falar seus projetos (foto: Reprodução Facebook)

Em campanha pelo país como pré-candidato a presidente da República, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) quer transformar normas rígidas das escolas militares em modelo para o sistema escolar nacional. Aplaudido nos colégios comandados pela polícia nas várias regiões do país que tem visitado, o político diz que o formato é “um exemplo de ensino que deveria ser adotado em todas as escolas públicas do Brasil”.

Em uma das vezes recentes que fez a defesa da mudança nas escolas, Bolsonaro exibiu vídeo de uma formatura de alunos do 3º Colégio Militar da PM do Amazonas, no qual os alunos o colocam como “mito” e “salvador da nação”. O colégio traz como metas disciplina, honra e educação.

Bolsonaro também disse que quer um general à frente do Ministério da Educação e Cultura, para que “represente autoridade, amor à pátria e respeito à família”.

Entre as regras praticadas por escolas militares estão a do uso de uniforme e a proibição de “contato físico que denote envolvimento de cunho amoroso”. Também é proibido dobrar shorts ou usar mechas nos cabelos.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade