Publicidade

Estado de Minas

Coluna do Baptista Almeida


postado em 12/02/2017 12:00 / atualizado em 12/02/2017 12:52

 

Os cariocas reclamam, os turistas caem fora

“Nosso sistema legal está quebrado! ”. Tem mais: “Os tribunais são muito políticos”. Ah! E ainda: “vergonhosa!” Os ataques são do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Sistema quebrado e tribunais políticos são auto-explicativos. A “vergonhosa” é a decisão de manter a derrubada do veto à medida tomada por Trump de proibir a entrada de imigrantes ou mesmo reles viajantes da Síria, Sudão, Somália, Irã, Iraque e Líbia e Iêmen. O que tem isso a ver com o Brasil?

Se Trump quer impedir a entrada de imigrantes nos EUA, as mulheres dos policiais do Espírito Santo querem impedir a saída dos policiais que estão aquartelados, fingindo que não estão em greve. A situação estava assim até o início da noite de ontem. Se mudou de lá pra cá, bem, mas não me engana que não gosto.

Quer dizer que policiais “obedecem” às suas mulheres e desobedecem a uma ordem judicial, não mandam nem em casa? Então, fiquem por aí. Se não mandam nas esposas vão mandar bandidos para trás das grades? Me poupe!

No Rio de Janeiro, não é tão diferente, são poucos os policiais nas ruas. Os próprios cariocas reclamam, já que os turistas, em sua maioria, já caíram fora. A PM, óbvio, nega. Bem, se servir de consolo, apesar do pequeno efetivo, os capixabas é que estão na maior pitimba. Os números falam por si.

Só em uma única semana, a do motim disfarçado de greve, já que policiais militares não têm este direito (o de greve, para ficar claro), foram mais de 100 mortos. Para ser exato, 127 mortos, mais que no mês inteiro no ano passado. Tem mais: foram pelo menos 300 lojas saqueadas, não vou descontar o arrependimento de algumas famílias, e nada menos que 666 veículos roubados. Ihh! O número dos bestas ladrões. É, 666 é um número complicado. Até na Bíblia aparece.

Especialistas em teologia entendem que o 666 era um código secreto para os cristãos do primeiro século poderem identificar o suposto Anticristo, tratado como um monstro com aparência de humano. O que importa mesmo, sobre o Espírito Santo, é que o tal monstro viria ao mundo dominá-lo e espalhar o terror. Com um nome desse, o estado não precisa se preocupar. Citações ao número estão no Velho e no Novo Testamento, no livro do Apocalipse e nem sempre com sentido negativo.

Cadê as mulheres?

Ninguém sabe, ninguém viu. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) não é machista, muito antes pelo contrário. A corte cassou o tempo de inserções no rádio e TV do Partido da Mulher Brasileira (PMB). Tudo por causa do deputado federal Weliton Prado (PMB-MG) e do vereador em Uberlândia Ismar Prado (PMB). O TRE alegou irregularidades no primeiro semestre do ano passado. Quais? Só os dois apareceram na propaganda do partido. Melhor a informação oficial: “por não cumprir o percentual mínimo do tempo das inserções para promoção e divulgação da participação política feminina”.

Nada a ver


Sua Alteza Real Princesa Haya Bint Al Hussein, esposa de Sua Alteza Xeique Mohammed bin Rashid Al Maktoum, vice-presidente e primeiro-ministro dos EAU e prefeito de Dubai, e seus filhos Sua Alteza Xeica Al Jalila Bint Mohammed Al Maktoum e Sua Alteza Xeique Zayed Bin Mohammed Al Maktoum, doaram hoje (sexta-feira) 28 milhões de dinares jordanianos (aproximadamente US$ 40 milhões) em memória de Sua Majestade, o falecido Rei Hussein Bin Talal, e Sua Majestade, a falecida Rainha Alia Al Hussein. Sua Majestade Rei Hussein faleceu em 7 de fevereiro de 1999 e Sua Majestade Rainha Alia faleceu em 9 de fevereiro de 1977. Uai, o que tem isso a ver com a política? Nada! Nada mesmo!

Demorou!

Chantagista pouco é bobagem no caso de Silvonei José de Jesus Souza, já que ele ameaçou, além de dona Marcela (foto), também o próprio presidente Michel Temer (PMDB). E ainda tem gente que prefere destacar que foi em tempo recorde a condenação pela Justiça e a pena, mais de cinco anos de prisão. A desculpa? A morosidade do Judiciário. Com este tanto de provas? Demorar é que seria o cúmulo da lerdeza judicial. Ah! Sobre o título da nota: “demorou” é no sentido da gíria atual da rapaziada.

É importante

Serviço de utilidade pública: O Ministério do Turismo e a Secretaria Nacional dos Direitos Humanos lançam, depois de amanhã, a campanha nacional de combate à violência contra crianças e adolescentes no carnaval. O lançamento será feito pelo ministro Marx Beltrão (foto) e pela secretária Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Claudia Vidigal. E vão aproveitar para destacar o Disque 100 e dar os últimos dados denúncias de exploração e/ou abuso sexual de crianças e adolescentes.

Pingafogo

. Se depender do ministro da Defesa, Raul Jungmann, não haverá anistia para os policiais grevistas no Espírito Santo. E com tanta convicção que nem vai adiantar eles recorrerem à ONU, que está na moda. Lula que o diga.

. Já sobre a nota “Nada a ver”, outro registro: a doação da realeza foi feita à Tkiyet Um Ali, primeira organização não-governamental a fornecer refeições quentes, alimentos e ajuda humanitária aos desamparados da Jordânia.

. Ah! Tem também outro registro. Dubai é um país que fica nos Emirados Árabes Unidos. Dubai também é o nome de sua capital. Entendeu direito? Nem eu! Quem souber, explique.

. PSDB sai na frente com o debate sobre reformas prioritárias do ano legislativo. É o título. Então, se prepare, sai da frente. Vai doer é em seu futuro. Melhor deixar o próprio líder do partido explicar.

. Deputado Ricardo Trípoli: “O partido está preparado para o embate de enfrentar o desafio e aprovar mudanças nas áreas trabalhista, tributária e previdenciária”. Tradução: seu bolso e mais tempo para conseguir se aposentar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade