Publicidade

Estado de Minas

Paulo Roberto Costa, delator da Lava-Jato, fecha acordo de cooperação com o FBI


postado em 21/11/2016 12:19 / atualizado em 21/11/2016 12:48

Paulo Roberto Costa vai fornecer documentos e outros materiais ao FBI e ainda deverá comparecer a depoimentos e entrevistas quando for convocado(foto: Lula Marques/ Agência PT)
Paulo Roberto Costa vai fornecer documentos e outros materiais ao FBI e ainda deverá comparecer a depoimentos e entrevistas quando for convocado (foto: Lula Marques/ Agência PT)

Rio - Delator na Operação Lava-Jato, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa fechou acordo de cooperação com o FBI e com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos. O seu advogado, João Mestieri, confirmou que Costa vai cooperar com as investigações da Promotoria de Justiça norte-americana.

O delator vai fornecer documentos e outros materiais e ainda deverá comparecer a depoimentos e entrevistas quando for convocado. Em viagem, Mestieri não foi contatado pela reportagem para dar detalhes do acordo. A informação foi confirmada pela sua assessoria de imprensa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade