Publicidade

Estado de Minas

João Leite: "Se a população se ausenta de escolher um candidato, temos um desvio"

Tucano comentou a derrota na noite deste domingo


postado em 30/10/2016 20:29 / atualizado em 30/10/2016 21:49

Sob gritos de "João Leite Guerreiro", o tucano derrotado nas eleições municipais cumprimentou o prefeito eleito Alexandre Kalil, na noite deste domingo. Ao lado da esposa e dos senadores Aécio Neves e Antônio Anastasia, João Leite agradeceu a apoiadores após o resultado do segundo turno. O tucano que teve 557 mil votos se disse preocupado com o índice de abstenção. Votos nulos, brancos e abstenções somaram 742 mil votos, mais que os 628 mil que elegeram Kalil.



"Como homem público, saio dessa eleição preocupado com o alto índice de abstenção, que mostra grande distanciamento da sociedade com a política. A política não pode ser negada, porque a democracia se dá no ambito da política. Negá-la proporciona ambiente para o autroristatismo e o preconceito. Espero que em nossa cidade não aconteça isso. Neste momento em que nossa população se ausenta de escolher um candidato, temos um desvio".



Ele foi muito aplaudido e passou a palavra ao presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, que, ao microfone, agradeceu ao tucano derrotado e recorreu a metáfora esportiva para comentar o resultado. "Diferente do futebol, em que às vezes há empate, na política a gente ou ganha ou perde. E hoje perdemos mas continuaremos nossa caminhada falando a verdade".

Apesar da derrota em BH, Aécio elogiou o desempenho do partido nas eleições de 2016. No segundo turno, a legenda conquistou 14 das 19 prefeituras que disputou como cabeça de chapa, entre elas a de Contagem, com Alex de Freitas (PSDB).


Publicidade