Publicidade

Estado de Minas

Futebol influencia escolha do eleitor para prefeito de BH

Pesquisa confirma que Kalil tem bem menos intenções de voto entre os cruzeirenses do que entre os atleticanos


postado em 27/09/2016 06:00 / atualizado em 27/09/2016 07:22


Na disputada protagonizada por dois atleticanos históricos – João Leite (PSDB) foi goleiro e Alexandre Kalil (PHS) comandava o time em 2013, no ano em que venceu a Taça Libertadores da América –, o futebol parece estar influenciando o voto de pelo menos parte dos eleitores de Belo Horizonte, segundo os números da pesquisa Giga Instituto, encomendada pelo Estado de Minas. Entre os torcedores do time alvinegro, está equilibrada a disputa: 28% disseram que vão votar no ex-cartola e 27% no ex-jogador. Outros 18% estão indecisos e 15% não responderam ao questionário. Entre aqueles que não se interessam por futebol, 23% escolheram o tucano e 8% o candidato do PHS.


Talvez por já ter aposentado as chuteiras há mais tempo, a rejeição dos cruzeirenses a João Leite é bem menor que ao ex-cartola: ele tem o dobro das intenções de votos de seu principal adversário. Entre aqueles que torcem pelo rival do Atlético, 30% vão digitar o número de João Leite nas urnas e 16% em Kalil. Outros 35% não indicaram nenhum nome entre os 11 candidatos a prefeito da capital mineira.

Integrantes de torcidas organizadas do Cruzeiro chegaram a preparar material gráfico contra Alexandre Kalil para distribuir nos jogos do Campeonato Brasileiro em Belo Horizonte. O texto diz “vamos rebaixar o Kalil de novo”, em alusão ao rebaixamento do Atlético à Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, em 2006. Em uma delas, torcedores que se intitulam “Nação Azul” explicam que João Leite está na liderança da disputa, seguido de Kalil. Dizem ainda que votando em Délio Malheiros (PSD), o terceiro colocado, os cruzeirenses garantiriam a vaga no segundo turno, “rebaixando” o ex-presidente do Atlético.

A disputa entre os dois candidatos melhor colocados na pesquisa está equilibrada também entre os americanos, já que 29% pretendem votar em João Leite e 24% em Alexandre Kalil. Nenhum americano se disse indeciso e 24% pretendem votar nulo ou não responderam à pesquisa.

O levantamento realizado pelo Giga Instituto perguntou aos entrevistados qual o time de preferência: 36% afirmaram torcer para o Cruzeiro e 33% para o Atlético. Outros times somaram 5% e o América 2%. Disseram não gostar de futebol 23% dos entrevistados na capital.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade