Publicidade

Estado de Minas

Pesquisa mostra que Aécio venceria em Minas com 43,5% dos votos


postado em 14/11/2015 08:06

Levantamento realizado em Minas Gerais pela Paraná Pesquisas aponta que, se uma nova eleição presidencial fosse realizada hoje, o senador Aécio Neves (PSDB), venceria com folga no estado. Em simulação de primeiro turno, o tucano tem 43,5% das preferências, seguido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 17,2% das intenções de voto. Aparecem depois Marina Silva (Rede), que alcança 14,3% das indicações; Ciro Gomes (PDT), com 4,5%; Jair Bolsonaro (PP), 4,3%; Michel Temer (PMDB), 2,2%; e Ronaldo Caiado (DEM), com 0,9%.

Na simulação de segundo turno entre Aécio e Lula, o tucano obteria 59,8% contra 23% do petista. Na disputa entre o senador mineiro e Marina, o presidente do PSDB venceria com 55,5% contra 28,4%.

Ao avaliar a rejeição individual dos três principais candidatos, 63,3% dos eleitores informaram não votar em Lula de forma alguma, 39,6% disseram o mesmo sobre Marina Silva e 26,1% em relação a Aécio Neves. Ainda nessa mesma questão, o senador tucano apresentou a maior frequência de voto consolidado: 29,5% declararam votar nele com certeza. Enquanto 12,3% dos eleitores declararam votar em Lula com certeza, 8,8% afirmaram o mesmo em relação a Marina Silva.

A pesquisa apontou também que o governo de Dilma Rousseff (PT) tem uma desaprovação de 84,2% em Minas. Apenas 12,7% declaram aprovar a administração federal. Além disso, ao opinar sobre a possibilidade de afastamento da presidente, 59,6% dos eleitores pesquisados se manifestaram em defesa do impeachment, 30,7% afirmaram ser contrários, 8,1% declararam não ser nem a favor nem contra e 1,6% não respondeu.

O Instituto Paraná ouviu 1.583 pessoas, entre os dias 7 e 11 deste mês. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos dentro de um nível de confiança de 95%.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade