Publicidade

Estado de Minas

Grupo picha e joga pedras e papéis em editora da Veja


postado em 25/10/2014 11:01 / atualizado em 25/10/2014 11:42

São Paulo - Um grupo com cerca de 20 pessoas realizou na noite dessa sexta-feira um protesto em frente ao prédio da Editora Abril - que edita a revista Veja -, na zona oeste de São Paulo. Os manifestantes jogaram papel na entrada do prédio, picharam um dos muros e atiraram pedras. A polícia dispersou o ato. Ninguém foi detido. A Abril informou por meio de sua assessoria que não iria comentar o caso.

O movimento aconteceu após a revista, que começou a circular na manhã de sexta-feira, trazer na capa a informação de que a presidente Dilma Rousseff (PT) e seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, sabiam de todo o esquema de corrupção montado na Petrobras. A reportagem cita depoimento do doleiro Alberto Yousseff à Polícia Federal, prestado na última terça-feira em Curitiba, no processo de delação premiada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade